Notícia

Carteira Digital de Trânsito agora permite pagamento de multas com 40% de desconto

Aplicativo CDT incorpora Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) e vai centralizar todos os serviços de trânsito em uma única plataforma digital
A partir de agora, motoristas podem receber infrações de trânsito e emitir boleto para pagamento de multas na mesma plataforma digital que armazena os documentos de habilitação e do veículo. A Carteira Digital de Trânsito (CDT), aplicativo que reúne as versões eletrônicas da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), agora permite acompanhamento, recebimento e pagamento antecipado de multas com descontos de até 40%. A novidade, desenvolvida pelo Serpro para o Denatran, foi anunciada nesta segunda-feira, 21, durante a Semana Nacional de Trânsito. 
A iniciativa é mais um passo para a transformação digital do Governo Federal para facilitar a vida do brasileiro e faz parte da estratégia do Denatran de unificar os canais de atendimento ao cidadão. “Já temos vários serviços para incorporar. …
Drogaria Santa Rita
Banner cadastramento cartão SUS
   

Câmara de Cataguases aprova reajuste para servidores do Legislativo e adia votação de PL do Executivo

A sessão ordinária da Câmara Municipal de Cataguases que aconteceu na terça-feira (5), sobrestou o Projeto de Lei do Executivo, nº 29/2018 que referenda convênio a ser assinado pelo Município de Cataguases com o IEPTB - Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil. O convênio possibilita a troca de arquivos eletrônicos e utilização da Central de remessa de arquivos para a cobrança dos inadimplentes junto a Prefeitura. 

O solicitante, vereador Betão do Remo (PSB), pretendia o sobrestamento por quatro sessões por não ficar claro o impacto financeiro gerado pelo convênio mas após o vereador Rogério Ladeira (PHS) sugerir apenas uma sessão dividindo o plenário, chegou-se ao consenso de suspender a votação do projeto por duas sessões por sugestão do Sargento Jorge Roberto (PHS). O vereador Hercyl Neto (PROS), ressaltou que o projeto é importante para que o Executivo consiga cobrar das pessoas que devem impostos ao Município de Cataguases. O Vereador e secretário da Casa, Vinícius Machado (DEM), contestou a votação do sobrestamento após o projeto já ter sido colocado em votação, mas o presidente Michelangelo Correa (PSDB) resolveu acatar o pedido de sobrestamento.

Já os Projetos de Lei que corrige os salários dos servidores da Câmara Municipal em 3% e o que aumenta o benefício auxílio alimentação para R$ 440 foram aprovados sem problemas ou discussões pelos vereadores. Apenas o vereador Henrique Thurran (PRTB) foi contrário por entender que o ticket alimentação dos servidores da câmara deveria ser igual ao da prefeitura e não R$ 70 maior, uma vez que os servidores são municipais e são representados pelo mesmo sindicato, explicou o vereador a reportagem do site Mídia Mineira.

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases