Notícia

Comitê Gestor da Covid em Cataguases permite maior flexibilização

O Comitê Gestor de Enfrentamento a Covid-19, em Cataguases, definiu novos avanços de flexibilização na reunião que aconteceu nesta quinta-feira (17). A possibilidade de avanço foi possível devido ao fato do município se encontrar em platô, com média móvel de 24 casos por semana com 1 óbito, além de baixo índice de ocupação da UTI, explicou o médico Dr. Joseph Freire, que também informou que já foram realizados 1.025,68 testes para cada 10 mil habitantes. O Município se prepara para aderir a onda verde do Minas Consciente neste fim de semana.
Na reunião ficou definido as seguintes mudanças: As padarias poderão ter consumo interno desde que cumpram as exigências como disponibilizar mesas com distanciamento mínimo de 2 metros entre elas, após aprovação da fiscalização; Os templos religiosos poderão realizar reuniões com no máximo 100 pessoas, respeitando o limite de 20% da capacidade do mesmo. Os partidos políticos deverão ser notificados pelo Promotor eleitoral para que respeitem as regras …
Drogaria Santa Rita
Banner cadastramento cartão SUS
   

Dia das Mães: consumidor pretende gastar mais neste ano

Pesquisa da FGV mostra que houve aumento na intenção de gastos em todas as faixas de renda

Arquivo/Agência Brasil
Com a melhoria da situação financeira das famílias, os brasileiros pretendem gastar, em média, R$ 108 com o presente dos Dia das Mães. O valor, divulgado nesta sexta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV), é 11% maior que o do ano passado, que ficou em R$ 98.  

O levantamento se baseia na Sondagem do Consumidor, que ouviu 1.612 pessoas entre os dias 2 e 19 de abril, em todo o País. “Houve aumento do valor médio para todas as faixas de renda e também da intenção de compra para todas as faixas de renda”, explica a a coordenadora da Sondagem do Consumidor do Ibre, Viviane Seda. 

De acordo com a pesquisa, houve aumento na intenção de gastos em todas as faixas de renda. O maior foi observado para a faixa de renda familiar mensal entre R$ 4,8 mil e R$ 9,6 mil (14 pontos). 


Na faixa de renda mais baixa, até R$ 2,1 mil por mês, o aumento foi menor (6,9 pontos). No entanto, essa categoria apresentou a maior evolução no valor médio do presente (25%), que atinge R$ 63 neste ano, contra o valor médio de R$ 51 em 2017. Já para os consumidores com maior poder aquisitivo (renda familiar superior a R$ 9,6 mil), o preço médio do presente é de R$ 180, contra R$ 164 em 2017. 

Fonte: Agência Brasil 

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases