Fotos com pombos pintados de diversas cores em Leopoldina ganham repercussão nacional

Famosos como Luisa Mell e  Xuxa Meneghel não gostaram da brincadeira A aparição, já há algum tempo, de pombos pintados de vermelho, azul ou verde, entre outras cores, no município de Leopoldina, na Zona da Mata Mineira, ganhou, na tarde desta terça-feira (19), repercussão nacional, após a apresentadora de TV e ativista da causa animal, Luisa Mell, compartilhar a denuncia em seu Instagram, que possui quase 4 milhões de seguidores. "Recebi várias denúncias de que estão pintando os pombos em MG. Dizem que é para chá de bebê... o q só aumenta meu nojo, revolta, indignação! É vergonhosa a maneira como os animais são tratados, simplesmente para atender alguma palhaçada fútil e inútil de seres humanos. A maiora das tintas são extremamente tóxicas, provocando uma série de problemas de saúde nos animais. Alô ibama. Alô icmbio. O crime está acontecendo em MG. Quem tiver informações sobre os responsáveis, deixe nos comentários! Ano novo eu resolvi tentar ficar mais c

Minas Gerais confirma 133 mortes por Febre Amarela, sendo 52 em municípios da Zona da Mata


Conforme o último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgado nesta terça-feira (13), desde o início do 2º período de monitoramento da Febre Amarela (julho/2017 a junho/2018), foram confirmados 365 casos da doença em Minas Gerais, destes casos, 133 evoluíram para óbito e outros 630 casos continuam em investigação. 

Do total de casos confirmados de febre amarela silvestre, 318 (87,1%) são do sexo masculino e 47 (12,9%) do sexo feminino. Dentre os óbitos, 07 (sete) foram do sexo feminino, representando 5,3% do total de óbitos confirmados. Todos os casos foram confirmados laboratorialmente. A mediana de idade dos casos confirmados é de 48 anos (3 – 88 anos). A letalidade por febre amarela em Minas Gerais no período de 2017/2018 é de aproximadamente 36,4%


No período anterior de monitoramento anos 2016 e 2017 foram registrados 475 casos confirmados de Febre Amarela no estado de Minas Gerais, sendo que destes, 162 evoluíram para óbito.


Zona da Mata Mineira

Na Zona da Mata Mineira foram confirmados 122 casos da doença, sendo que destes, 52 evoluíram para óbito.  Em Cataguases ainda não há caso de Febre Amarela confirmado.

Em Juiz de Fora o prefeito Bruno Siqueira (MDB), decretou nesta segunda-feira (12), situação de emergência devido os casos na cidade. Conforme o boletim, 23 pessoas ainda estão internadas ou tiveram alta naquele município por conta da doença e outras 6 evoluíram para óbito, totalizando 29 casos.

Confira abaixo os municípios da Zona da Mata que tiveram óbitos confirmados:

Região de Juiz de Fora (29 óbitos): 
Belmiro Braga (1), Bicas (1), Goianá (1), Juiz de Fora (6), Lima Duarte (6), Mar Espanha (1), Maripá de Minas (1), Matias Barbosa (1), Piau (2), Rio Novo (1), Rio Preto (3), Santa Bárbara do Monte Verde (1), Santa Rita de Jacutinga (1), Santos Dumont (2) e Simão Pereira (1).

Região de Leopoldina (1 óbito):
Santo Antônio do Aventureiro (1).

Região de Ponte Nova (12 óbitos):
Alvinópolis (1), Barra Longa (2), Pedra do Anta (1), Ponte Nova (3), Porto Firme  (2), Teixeiras (1) e Viçosa (2).

Região de Uba (3 óbitos):
Ervália (1) e Presidente Bernardes (2)

Região de Barbacena (7 óbitos)
Considerando apenas municípios da Zona da Mata
Alto Rio Doce (1), Paiva (1), Piranga (3) e Senhora de Oliveira (2).

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases