Pular para o conteúdo principal
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

PCMG indicia homem suspeito de cometer estupro de vulnerável em Juiz de Fora

O inquérito policial foi relatado e enviado à Justiça, nesta semana. A Polícia Civil também investiga crime praticado pelo investigado em desfavor de outro adolescente, de 13 anos. A apuração prossegue.  A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) indiciou, nesta semana, um homem de 49 anos, suspeito de ter praticado estupro de vulnerável, no município de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. Na última sexta-feira (14/1), ele foi encaminhado à delegacia pela Polícia Militar, acionada pelo pai da vítima, um menino de 12 anos, morador da Zona Norte da cidade.  Na época, durante depoimento, o suspeito, que é vizinho da vítima, confirmou ter chamado o garoto para ir até a sua residência, para, supostamente, realizar o conserto de uma bicicleta, quando foi flagrado pelo pai do menino, em um cômodo dos fundos do imóvel, junto com a vítima. Na ocasião, o flagrante foi ratificado pela PCMG e o homem foi conduzido ao sistema prisional, permanecendo à disposição da Justiça. Conforme informações do t

Frota da Prefeitura de Cataguases será monitorada via satélite

A Prefeitura Municipal de Cataguases está implantando um sistema de monitoramento por satélite em todos os veículos de sua frota. A entrega dos chips foi realizada nesta terça-feira (27) no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) na Vila Tereza, pela empresa Pathtracking, responsável pelo serviço. 

Com o novo serviço, será possível o controle total dos veículos, com monitoramento e localização em tempo real, trazendo um gerenciamento mais eficaz a frota, sendo possível saber exatamente onde se encontra cada veículo e todo trajeto realizado por eles, além de promover maior segurança contra furtos e acidentes, com a indicação exata do local onde o veículo se encontra e economia possibilitando maior racionalização do consumo e controle da velocidade. 

Conforme o prefeito Willian Lobo, a prefeitura escolheu a empresa com sede em Leopoldina, que tem como sócio o cataguasense Allan Matos, porque foi feito um preço simbólico através da intermediação do vereador Rogério Ladeira, pois enquanto a maioria das empresas cobra pelo serviço cerca de R$ 30 a R$ 40 o serviço custará para a Prefeitura de Cataguases apenas R$ 15 por veículo. Além disso, a prefeitura está promovendo a valorização da mão de obra da região.

Conforme seu site, a empresa atua no segmento de rastreamento e monitoramento veicular via satélite, podendo ser utilizado em automóveis, motocicletas, bicicletas, caminhões e controle de frotas para empresas. O sistema pode ser acessado através de área exclusiva no site, ou através do aplicativo Pathtracking disponível para Android, facilitando o acesso ao serviço.


*Fotos e imagens cedidas por Henrique Faria

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui