Notícia

Juiz defere candidatura do prefeito Willian Lobo e coloca fim a boatos de inelegibilidade

O Juiz da 79ª Zona Eleitoral, Felipe Teixeira Cancela Júnior, deferiu o pedido de candidatura do prefeito Willian Lobo de Almeida para o pleito deste ano.
Na sentença o juiz ressalta que foram preenchidas todas as condições legais para o registro pleiteado e não houve impugnação por parte de outros partidos. Outro ponto destacado pelo meritíssimo foi que o Ministério Público também se posicionou favorável ao deferimento. "As condições de elegibilidade foram preenchidas, não havendo informação de causa de inelegibilidade", escreveu.
A decisão coloca fim em uma série de boatos que vinham sendo espalhados em rede social de que o prefeito estaria inelegível. Como não houve impugnação não cabe recurso da decisão.
Cataguases possui 8 candidatos a prefeito, mas no site do TSE consta, até o momento, apenas o deferimento da candidatura de Carlos Magno, o Maguinho, primeiro a realizar a convenção. A expectativa é que todos os deferimentos sejam atualizados no site até a próxima semana.
Ve…
Drogaria Santa Rita
Banner cadastramento cartão SUS
   

Frota da Prefeitura de Cataguases será monitorada via satélite

A Prefeitura Municipal de Cataguases está implantando um sistema de monitoramento por satélite em todos os veículos de sua frota. A entrega dos chips foi realizada nesta terça-feira (27) no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) na Vila Tereza, pela empresa Pathtracking, responsável pelo serviço. 

Com o novo serviço, será possível o controle total dos veículos, com monitoramento e localização em tempo real, trazendo um gerenciamento mais eficaz a frota, sendo possível saber exatamente onde se encontra cada veículo e todo trajeto realizado por eles, além de promover maior segurança contra furtos e acidentes, com a indicação exata do local onde o veículo se encontra e economia possibilitando maior racionalização do consumo e controle da velocidade. 

Conforme o prefeito Willian Lobo, a prefeitura escolheu a empresa com sede em Leopoldina, que tem como sócio o cataguasense Allan Matos, porque foi feito um preço simbólico através da intermediação do vereador Rogério Ladeira, pois enquanto a maioria das empresas cobra pelo serviço cerca de R$ 30 a R$ 40 o serviço custará para a Prefeitura de Cataguases apenas R$ 15 por veículo. Além disso, a prefeitura está promovendo a valorização da mão de obra da região.

Conforme seu site, a empresa atua no segmento de rastreamento e monitoramento veicular via satélite, podendo ser utilizado em automóveis, motocicletas, bicicletas, caminhões e controle de frotas para empresas. O sistema pode ser acessado através de área exclusiva no site, ou através do aplicativo Pathtracking disponível para Android, facilitando o acesso ao serviço.


*Fotos e imagens cedidas por Henrique Faria

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases