Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Seguir as orientações de segurança evita embargos a obras na etapa de terraplanagem e loteamento

Obras em situação de risco aumentaram 46% em 2021


Quando se pensa em construir, é preciso colocar a segurança como ‘insumo’ de todas as etapas. Uma obra inspecionada desde o início pode evitar problemas diversos, como acidentes elétricos e o risco de ser embargada. Cuidados com a rede de energia e atenção às distâncias corretas são de extrema importância desde as etapas de terraplanagem e loteamento.
 
Entretanto muitas obras, incluindo construção civil e reforma, ainda iniciam sem nenhum contato com a Energisa. Em 2021, foram registrados 359 embargos junto às prefeituras municipais de Minas, e identificados 821 casos de obras que apresentavam risco pela proximidade com a rede, 46 % a mais que no ano anterior.

O gerente do Departamento de Construção e Manutenção da Energisa, Victor Rispoli, destaca que para reduzir esses riscos é fundamental que a Energisa seja informada das obras, processos de terraplanagem e loteamento que estejam para acontecer. A solicitação pode ser feita através dos canais de atendimento para que uma equipe especializada seja encaminhada até o local para a realização de uma vistoria. As orientações de segurança são dadas pelos próprios eletricistas em campo.

O coordenador e Engenheiro de Segurança da Energisa, Wagner Antonio Biffe, alerta que o uso de máquinas e equipamentos para preparar e fracionar o solo desperta preocupação quando estão em áreas próximas à rede elétrica. “Nós fazemos um trabalho constante de inspecionar essas obras com objetivo de conscientização, para avaliar as condições de risco e orientar para medidas preventivas que possam evitar acidentes. Por exemplo, a manobra com caminhão embaixo da rede elétrica requer muita atenção, para que, ao bascular a caçamba ela não toque na rede energizada”, explica.

Victor Rispoli acrescenta ainda que é importante atentar para não interferir na altura do solo em proximidade com a rede elétrica, além dos postes e cabos de sustentação. “Durante o processo de terraplanagem é preciso ter muito cuidado com as interferências das máquinas, como tratores, retroescavadeiras, caminhões basculantes, com a proximidade da rede elétrica. Um choque elétrico pode acontecer com a simples aproximação da rede, mesmo sem contato direto”, explica. E a orientação, caso aconteça um toque acidental com a rede elétrica, é que o condutor dessas máquinas não desça do veículo, se necessária abra a porta e salte o mais longe para evitar contato com o veículo; e quem estiver por perto não deve tocar o equipamento que poderá estar energizado e a pessoa receber a descarga elétrica.  

Sendo assim, antes de construir, terraplanar ou lotear um terreno próximo a rede elétrica, entre em contato com a Energisa e solicite a sua avaliação. É prático e mais seguro.
Fonte: Gerência de Comunicação da Energisa

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui