Pular para o conteúdo principal
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Morador de Leopoldina tem perna amputada e filho pede ajuda para compra de prótese

Familiares de Sílvio Bastos, 62, que mora em Leopoldina, lançaram campanha de arrecadação de fundos para comprar uma prótese para a perna direita Familiares do Sr. Sílvio Bastos, de 62 anos, residente em Leopoldina, iniciaram uma campanha de arrecadação de recursos para a compra de uma prótese para sua perna direita, amputada no início de 2020 devido a complicações relacionadas à diabetes. O filho do paciente, Jeferson, entrou em contato relatando a situação em busca de ajuda dos leitores e leitoras que acessam o jornal e informando sobre a “vaquinha”, aberta para tentar comprar a prótese. De acordo com o orçamento, datado de 7 de abril deste ano, a prótese para amputação transtibial, pé sach, encaixe em resina acrílica, reforço em carbono, sistema por pino de fixação com liner em silicone, tem o valor orçado em R$ 9.500,00. “Olá! Venho por meio deste avisar que estamos fazendo uma corrente do bem pra tentar comprar a prótese de meu pai”, escreveu Jeferson. “Meu pai veio sofrendo de di

Polícia Civil prende empresário por participação em homicídio cometido em Rosário da Limeira

Investigações apontaram que o empresário, de 64 anos, teria sido o mandante do crime praticado em abril de 2017. O empregado dele, de 50 anos, também foi preso em maio deste ano.


Na tarde desta terça-feira (27/7), a Polícia Civil de Minas Gerais prendeu, no município de Rosário da Limeira, na Zona da Mata mineira, um empresário de 64 anos, acusado por participação no homicídio que vitimou um homem de 43 anos, executado a tiros no dia 12 de abril de 2017, na mesma cidade. O empregado dele, de 50 anos, já havia sido preso em 19 de maio deste ano. A dupla responde por homicídio triplamente qualificado, com pena que pode chegar a mais de 30 anos de prisão.

No dia do crime, a vítima trafegava em direção à estrada que permite acesso à localidade do Ancorado, quando foi surpreendida pelo atirador, que desferiu vários disparos contra o veículo. Investigação conduzida pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa da 4ª Delegacia Regional em Muriaé apurou que o empresário teria sido o mandante do crime, já o empregado, o executor do homicídio. A motivação estaria ligada a divergências entre a vítima e empresário, pois ele foi acionado na Justiça do Trabalho. A vítima também chegou a denunciar um esquema de suposto tráfico de armas do empresário.

Em maio de 2021, a Polícia Civil prendeu o homem de 50 anos, que assumiu o lugar da vítima, passando a ser o braço direito do empresário. Na época, depois de prestar depoimento na delegacia, os policiais civis constataram que ele mentiu ao afirmar que no dia do crime estaria em outra cidade. Ele também foi reconhecido por testemunha.

O homem foi encaminhado ao sistema prisional, permanecendo à disposição da Justiça.

Fonte: Polícia Civil de Minas Gerais

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui