Adolescente apontado como autor de homicídio é ouvido pela Polícia Civil em Muriaé

O menor confessou ter torturado e jogado a vítima amarrada, ainda com vida, dentro do Rio Preto em Muriaé. Nesta terça-feira (13), a Polícia Civil conseguiu identificar e capturar um adolescente de 17 anos, morador do bairro União em Muriaé, apontado como responsável pela morte de outro adolescente, de mesma idade, no último domingo (11). A vítima, identificada como Dejair Fernandes Da Silva (foto abaixo), teve as mãos amarradas e foi jogada no Rio Preto . Dejair foi morto com requintes de crueldade Foto: Rede Social De acordo com as investigações realizadas pela Delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o autor é apontado como gerente do tráfico de drogas no bairro União. A motivação foi o roubo de um celular de uma moradora do bairro pela vítima. O adolescente, como líder do tráfico no local, resolveu fazer justiça com as próprias mãos, para servir de exemplo para todos. Ele contou que torturou a vítima com pauladas e que depois teria amarrado as mão

Operação Além Segura prende 5 suspeitos na Zona da Mata

A Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, deflagrou a ação em Além Paraíba a fim de coibir a prática de tráfico, de comércio ilegal de armas de fogo e de homicídios. Foram apreendidos 100 buchas de maconha, 15 pinos de cocaína, entre outros objetos.

Parceiro Magalu

Nesta segunda-feira (5/4), a Polícia Civil de Minas Gerais, com apoio da Polícia Militar, deflagrou a operação “Além Segura”, no município de Além Paraíba, na Zona da Mata mineira, visando coibir a prática de tráfico de drogas, de comércio ilegal de armas de fogo e de homicídios. Durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão, foram apreendidos 100 buchas de maconha, 15 pinos de cocaína, uma balança de precisão e diversos aparelhos celulares. Cinco suspeitos - de 21, 23, 25, 27 e 35 anos - também foram presos.

Conforme informações do delegado Marcos Vignolo, foram apreendidos diversos materiais relacionados ao tráfico. Entre as prisões, duas foram efetuadas em flagrante. Os outros suspeitos foram presos, em virtude de cumprimento de três mandados de prisão.  

Participaram da operação 45 policiais civis, entre eles, agentes de Além Paraíba atuando em conjunto com policiais civis do 4º Departamento de Polícia Civil em Juiz de Fora por meio das Delegacias Regionais em Leopoldina, Muriaé e Viçosa. A ação também contou com o apoio de 33 policiais militares, com apoio do canil, por meio da atuação do 27º Batalhão da Polícia Militar em Juiz de Fora. 

Os trabalhos investigativos prosseguem, visando capturar outros suspeitos que possuem mandados de prisão em aberto e se encontram foragidos.


Fonte: Polícia Civil de Minas Gerais

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases