Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Proprietário de drogaria é preso em Pádua após vender comprimido abortivo para moradora de Cataguases

Um comerciante de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, foi preso em flagrante, depois de vender, para uma moradora de Cataguases, um medicamento utilizado ilegalmente para a indução do aborto.

De acordo com informações, a prisão aconteceu na quinta-feira (21). Policiais Militares do 36º BPM já haviam sido alertados através de denúncia anônima e interceptaram o veículo GM Celta de aplicativo, no bairro Cidade Nova, onde viajava uma mulher, moradora de Cataguases, que levava consigo quatro comprimidos do medicamento abortivo. Ela alegou ter acabado de adquirir em uma drogaria que fica naquele mesmo bairro e que teria pago através de transferência bancária, realizada pelo companheiro, que determinou a interrupção da gestação.

O comerciante foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil para as demais providências.

Com informações e foto da Folha de Italva
 

Comentários

  1. No meu entendimento, tudo isso é reflexo de um país desgovernado.
    Povo sem valores familiar "sem Deus", políticos sem responsabilidades, judiciário omisso, não tem ação e inspeção com fiscalização decente.
    As pessoas vivem pela desinformação, ignorancia e acabam geradoras dos distúrbios social decorrentes.
    As fianças se transformam em maquiagens!

    ResponderExcluir
  2. No meu entendimento, tudo isso é reflexo de um país desgovernado.
    Povo sem valores familiar "sem Deus", políticos sem responsabilidades, judiciário omisso, não tem ação e inspeção com fiscalização decente.
    As pessoas vivem pela desinformação, ignorancia e acabam geradoras dos distúrbios social decorrentes.
    As fianças se transformam em maquiagens!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Anuncie Aqui Anuncie Aqui