Muriaé decide regredir para Onda Vermelha do Minas Consciente e comércio não essencial ficará fechado

Presidente da CDL discorda e afirma que fechamento do comércio não é o caminho para diminuir o contágio da covid-19 Em entrevista à Rádio Muriaé nesta sexta-feira (15) o vice-prefeito e Secretário Municipal de Saúde, Marcos Guarino, acompanhado do infectologista Daniel Licy informou que o comércio não essencial deverá funcionar com as portas fechadas a partir desta segunda-feira. O decreto será publicado neste sábado com todas as informações detalhadas. Fotos: Rádio Muriaé O motivo do fechamento é a regressão do município a onda vermelha do programa “Minas consciente” que a partir de agora deverá seguir as recomendações impostas pela Secretaria de Estado de Saúde. Nas últimas semanas houve um crescimento significativo no número de casos da covid-19 em Muriaé. Durante a entrevista, Marcos Guarino explicou que toda quarta-feira há uma reunião com a Secretaria de Estado de Saúde com os secretários municipais para analisar a situação de cada município. Caso os números venham a baixar, o mu

A morte por Covid-19 do apresentador eugenopolense Stanley Gusman

Ele comandava o “Alterosa Alerta”, programa diário na TV Alterosa, afiliada do SBT e fazia campanha contra medidas de isolamento social

Foto: Reprodução/YouTube (Alterosa Alerta)

Morreu vítima de complicações da Covid-19, na noite de domingo (10), no Hospital Vila da Serra, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, o apresentador do "Alterosa Alerta" Stanley Gusman, de 49 anos. Ele era natural de Eugenópolis e deixa esposa e um filho.

Dono do bordão “Vem comigo, Minas Gerais!”, Stanley era conhecido por ser negacionista em relação a Covid-19. No dia 18 de dezembro de 2020, ele fez duras críticas ao prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, que pedia para as pessoas se isolarem nas festas de fim de ano: "Eu não vou matar meus pais. Não  tem ninguém nesse mundo que me impeça de olhar nos olhos dos meus pais e dizer a eles: Eu amo vcs! Vou buscar um diploma que meu herói (pai) guarda na parede da sala da nossa inviolável residência #Dia22VaiSerGigante e ninguém vai me impedir", escreveu em seu Twitter.


Gusman já havia se manifestado contrário às medidas de segurança para conter o novo Coronavírus, desde o início da pandemia, minimizando a gravidade da doença e chegando a divulgar fake news em seu programa, afirmando que um estudo teria determinado que o termômetro infravermelho causaria danos ao cérebro e que não aceitaria que medissem sua temperatura. O estudo, na verdade, se tratava de uma corrente falsa de WhatsApp, rechaçada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ele também chegou a ironizar o uso de máscara.

Na segunda-feira (11), apresentadores da emissora e amigos homenagearam o apresentador e protocolos de segurança foram alterados na emissora.

Embora triste, a morte do apresentador serve de alerta para que a população baixe a guarda, deixe de politizar o assunto e sigam as normas de segurança protagonizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Com informações de El País e Twitter

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases