Mãe e filha são feitas reféns durante assalto em Cataguases

Mãe e filha foram feitas reféns após um assalto em um haras no bairro Ibraim na noite desta quinta-feira (3), em Cataguases.  Segundo informações preliminares levantadas junto a PM, pelo Site Mídia Mineira, os policiais chegaram no haras quando os autores ainda estavam no local, eles então roubaram um veículo e fugiram, levando mãe e filha como reféns, abandonando o carro e as vítimas em uma estrada vicinal. As duas já estão bem e em segurança. Ainda não se sabe o que os assaltantes levaram, um levantamento deverá ser feito posteriormente.  Até o fechamento dessa matéria a ocorrência ainda estava em aberto e a Polícia Militar realizava rastreamentos para tentar localizar os autores.

PCMG apura incêndio criminoso em madeireira em Lima Duarte

Duas pessoas já se encontram presas, após investigação. Apurações indicaram que o suspeito de ser o mandante do crime seria um empresário de Juiz de Fora


A Polícia Civil de Minas Gerais deflagrou uma ação, na Zona da Mata mineira, em virtude de apurações relacionadas a um incêndio criminoso, ocorrido em fevereiro, em uma madeireira localizada na cidade de Lima Duarte. Dois investigados já se encontram presos, inclusive, um dos homens foi capturado na cidade de Mutum, nesta terça-feira (1º). Policiais civis de Lima Duarte seguem em diligências para efetuar a prisão do suspeito de ser o mandante do crime que causou um prejuízo de R$ 5.435.465,65 à vítima. O homem ainda não foi localizado e se encontra foragido.

De acordo com o Delegado José Márcio de Almeida Lopes, após os fatos, foi apurado que um empresário de Juiz de Fora - concorrente que atua no mesmo ramo - teria sido o mandante. “O crime teria sido praticado por um dos funcionários do empresário, indivíduo que tinha um mandado de prisão em aberto no estado do Espírito Santo e possui envolvimento com os crimes de roubo, furto qualificado e receptação, no estado de Minas Gerais. O funcionário foi preso pela equipe da Polícia Civil de Minas Gerais em fevereiro, durante diligências realizadas para apuração dos fatos”, explicou, complementando que o outro suspeito foi preso no município de Mutum. O indivíduo tem passagens na Polícia pela prática dos crimes de roubo; associação criminosa armada; posse ilegal de arma de fogo e receptação.

As diligências seguem em andamento.

Fonte: Polícia Civil de Minas Gerais

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases