Polícia Militar prende suspeito de tráfico de drogas e apreende tablete de maconha no bairro Ana Carrara

Na tarde desta sexta-feira (16/4), a Polícia Militar prendeu um homem de 38 anos por suspeita de tráfico de drogas no bairro Ana Carrara. Com ele foi encontrada uma barra de maconha de tamanho considerável. A ação aconteceu durante a Operação Áquila, sob o comando do 1º Tem Marinato. De acordo com informações repassadas pela PM, durante a operação surgiu uma denúncia anônima, dando conta de que um indivíduo estaria transportando certa quantidade de droga em uma motocicleta o que motivou um cerco e bloqueio na via, onde o condutor foi abordado. Submetido à busca pessoal, foi encontrado sob a camisa e bermuda do abordado, uma barra, de tamanho expressivo embalada com fita crepe azul, contendo substância esverdeada análoga a maconha. Foram recolhidos também dois aparelhos celulares que o autor portava, pois, conforme a denúncia, tais aparelhos eram utilizados por ele para realizar a venda de substâncias entorpecentes na modalidade de entregas que eram solicitadas via aplicati

Operação "Backup Fase I": Ex-namorado que ameaçava divulgar fotos íntimas da namorada é preso em Rodeiro pela PCMG


A Polícia Civil de Minas Gerais, na última sexta-feira (18), deflagrou a Operação “Backup Fase I”, e cumpriu mandado de busca e apreensão contra "hacker" que ameaçava vítima, em Rodeiro.

Uma equipe de policiais da Delegacia Regional de Ubá, deflagraram a operação contra uma pessoa que se denominava "hacker", e ameaçava uma jovem com “revenge porn”. Buscas foram executadas na cidade de Rodeiro, na residência do autor de 23 anos. 

O mandado judicial se deu, após investigações que apontavam que o ex namorado da vítima, que se auto intitulava "hacker", importunava a vítima. Ele ameaçou a vítima e sua família de divulgar imagens que foram feitas clandestinamente, sem autorização e sem conhecimento das vítimas. 

Nas buscas, foram arrecadados 03 telefones celulares, pertinentes a investigação e após as análises, ficou constatado que neles estavam armazenados os conteúdos que seriam divulgados e também, para surpresa dos investigadores, imagens íntimas de menor de idade.

O autor responderá pelos crimes de ameaça, crime previsto no art. 241-B do Eca (possuir fotografia de nudez de adolescente) e registro não autorizado da intimidade sexual capitulado no Art 216-B do Código Penal. Com penas somadas que podem chegar a 5 anos de prisão. Caso o autor divulgasse os conteúdos responderia também pelos crimes do art. 218-C do CP e art. 139 do CP que, somadas as penas máximas, ultrapassariam 6 (seis) anos de prisão.

Segundo o Delegado Regional de Ubá, Diêgo Candian Alves, essa operação é a primeira de muitas que virão, a fim de elucidar crimes cibernéticos . "Que esta operação sirva de alerta para criminosos que crêem na impunidade e se escondem atrás dos meios telemáticos, para praticarem suas condutas ilícitas. A Polícia Judiciária tem ferramentas e meios eficazes de investigação que levam à autoria e materialidade de crimes dessa natureza. ", concluiu o Delegado.

Fonte: Polícia Civil de Minas Gerais

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases