Após denúncia MP irá apurar descumprimento de protocolo na vacinação contra a Covid-19 em Cataguases

Vereador Rafael Moreira solicitou nome das pessoas que foram vacinadas, mas não foi atendido A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Cataguases, por meio da Promotora de Justiça Amanda Merlini Dutra Osipe, instaurou procedimento para apurar eventual descumprimento dos Planos Nacional e Estadual de Vacinação contra a Covid-19, pelo Município de Cataguases nesta sexta-feira (22). Conforme Nota Pública daquela procuradoria, enviada para a redação do Site Mídia Mineira, o objetivo de tal procedimento será apurar se pessoas que não se enquadram no grupo prioritário eleito pelas autoridades  sanitárias foram beneficiadas com a imunização. Confira a nota na íntegra no final da matéria. A administração terá 24 horas para enviar os seguintes documentos: Encaminhar a relação de pessoas que já foram ou serão imunizadas, indicando o nome completo e qual o grupo prioritário pertence; Informar quantas doses foram destinadas a cada grupo prioritário; Explicar se foi possível vacinar todos os idosos

Muriaé tem mais casos proporcionais de Covid-19 que Juiz de Fora


Desde que a Prefeitura de Muriaé, juntamente com o Comitê Municipal Extraordinário Covid-19, anunciaram a abertura do comércio e o programa “Muriaé Mais Consciente”, no dia 2 de maio, os novos casos da Covid-19 dispararam de 11 para 310 em 40 dias, um aumento diário de quase 8 novos casos.

Proporcionalmente, o número de casos em Muriaé chega a ser maior que Juiz de Fora, município com maior número de casos na Zona da Mata Mineira. Enquanto Juiz de Fora apresenta 1 caso a cada 611 habitantes, Muriaé tem 1 caso para cada 370 habitantes.

Segundo o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, desta quarta-feira (10), o município confirmou 10 novos casos. Todas as novas confirmações são de moradores locais e referem-se a cinco pessoas do sexo feminino e outras cinco do masculino. As idades variam entre 12 e 46 anos.

Conforme o balanço, o Município tem separado pacientes que residem em Muriaé e pacientes que estão em tratamento em Muriaé, oriundos de outras cidades. Conforme a metodologia utilizada, são 272 casos confirmados de moradores, sendo que 136 pacientes ainda estão ativos, 125 foram curados e 11 vieram a óbito.

Os pacientes de outras cidades que estão em tratamento em Muriaé somam 38, sendo que 17 ainda estão em tratamento e outros 16 já se recuperaram. Cinco destes pacientes morreram.

O Município também possui 18 pacientes que aguardam resultado dos exames. Outras 70 pessoas apresentaram sintomas leves de gripe e estão sendo monitoradas pela Secretaria Municipal de Saúde sem a realização de exame.

*Foto: Rádio Muriaé

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases