Cataguases permanece na "Onda Amarela" com maior flexibilização para os restaurantes

O Município de Cataguases vai permanecer na "Onda Amarela" do programa Minas Consciente. A decisão foi ratificada em novo Decreto nº  5.348 - C / 2021, do prefeito José Henriques após deliberação do Comitê Gestor de Crise da Covid-19. A principal mudança do decreto publicado nesta quinta-feira (21), é com relação aos restaurantes. Agora, eles podem funcionar até às 22 horas respeitando os seguintes protocolos: Capacidade  máxima de 40% (quarenta por cento) de mesas;  Distância entre as mesas de 02 (dois) metros; Cada mesa poderá comportar apenas 4 (quatro) clientes por vez; Fica  vetado  o  consumo  no  balcão  do  estabelecimento,  nas calçadas e nas ruas ao entorno do mesmo; Deverá ser disponibilizado álcool em  gel  na entrada e dentro do estabelecimento, além de apenas permitir a entrada de clientes com máscara; O  atendimento  deve  ser  feito  apenas  para  clientes  sentados,  no qual os mesmos já tenham passado pela higienização e conscientização; Temperos e condiment

Juiz de Fora: PCMG elucida homicídios consumados registrados no primeiro quadrimestre

De dezoito crimes registrados até o último mês, dezessete casos foram apurados. A autoria e a motivação desses homicídios já foram definidas.


A Polícia Civil de Minas Gerais esclareceu 17 crimes de homicídios consumados, de 18 casos registrados no primeiro quadrimestre deste ano, em Juiz de Fora. Após intensas investigações realizadas pela equipe da Delegacia Especializada de Homicídios, a autoria e a motivação desses crimes já foram definidas.

Conforme informações do Delegado Rodrigo Rolli, “no mesmo período de 2019, foram registrados 17 casos – inclusive, todos se encontram apurados -, ou seja, aumento de apenas um caso neste ano, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Em 2020, há um crime que se encontra em investigação, ocorrido em fevereiro, no Bairro Vitorino Braga, no entanto, temos devidamente apurados 94,44% dos casos ocorridos”.

Além disso, a autoridade policial lembrou que, somente no mês de maio, durante diligências realizadas no município, a PCMG prendeu cinco suspeitos de praticarem homicídios, crimes ocorridos em dezembro de 2019 e nos meses de março e abril deste ano.

Segundo o Delegado Regional de Juiz de Fora, Armando Avólio Neto, a Polícia Civil, no âmbito da 1ª Delegacia Regional (1ª DRPC), continua se empenhando a fim de combater essa e outras modalidades criminosas. “Esse índice de apuração revela o comprometimento dos policiais civis da Delegacia Especializada de Homicídios em esclarecer esses crimes em Juiz de Fora, por meio de investigação qualificada”, destacou, ressaltando que todas as outras delegacias da 1ª DRPC também têm desempenhado as atividades de polícia judiciária com foco na identificação de autorias e da motivação dos delitos, mas também na retirada de circulação de autores por meio de prisões cautelares e possíveis condenações.

De acordo com o Chefe do 4º Departamento, Delegado-Geral Gustavo Adélio Lara Ferreira, a PCMG segue cumprindo a sua missão de realizar a investigação criminal de forma eficiente e eficaz. “Combatendo, diuturnamente, principalmente a criminalidade violenta, inclusive na área do Departamento, que abrange as Delegacias Regionais de Juiz de Fora, Ubá, Leopoldina, Muriaé e Viçosa”, concluiu.

Fonte: Polícia Civil

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases