Covid-19: Cataguases tem 34 casos com 30 curados ou assintomáticos e 2 óbitos; Confira a situação de cidades vizinhas

Conforme informado pela Secretaria Municipal de Saúde, nesta quarta-feira (27), Cataguases tem hoje 34 casos confirmados, sendo que destes, 30 estão curados ou assintomáticos, 2 vieram a óbitos e 2 ainda ativos.
Os casos confirmados desta quarta-feira são de uma pessoa do sexo masculino com 59 anos e duas do sexo feminino, uma com 30 anos e outra com 68 anos. Os três casos tiveram contato com casos confirmados e tiveram sintomas da doença, mas hoje estão assintomáticos. 
O número de suspeitos é 37, desses aguardando resultado de exame são 3 casos hospitalizados e 4 em isolamento. Já 30 suspeitos estão em isolamento, mas não fizeram o exame porque não se enquadram nos critérios da Secretaria de Estado de Saúde para realização do exame. Os casos em investigação estão sendo avaliados pela Funed, único laboratório do SUS em Minas Gerais que está realizando testes de covid-19.


Na região, Juiz de Fora segue com o maior número de casos (597), com 31 óbitos. Muriaé, único município com o comérci…
Drogaria Santa Rita

Diocese de Leopoldina pronuncia sobre morte brutal do pároco de Santo Antônio do Aventureiro; Três pessoas foram presas por latrocínio

Foto: Jornal Virtual de Santo Antônio do Aventureiro

A Diocese de Leopoldina emitiu comunicado sobre a morte brutal do padre Antônio José Gabriel, de 72 anos, após um latrocínio (roubo seguido de morte), ocorrido neste domingo (17) em Pirapetinga, a cerca de 90 quilômetros de Cataguases.

Pe Gabriel era pároco da Paróquia Santo Antônio, município de Santo Antônio do Aventureiro. O comunicado enfatiza a situação trágica e violenta e roga a Deus pelos familiares.

Conforme a Polícia, um adolescente de 17 anos foi apreendido e três homens de 20, 21 e 30 anos, foram presos. O Padre estava desaparecido desde domingo (17). O corpo foi encontrado com sinais de estrangulamento em uma estrada da zona rural entre Recreio e Santo Antônio de Pádua nesta segunda-feira (18). O veículo da vítima foi encontrado em Pirapetinga após rastreamento de seu celular. O suspeito de 21 anos foi o primeiro a ser preso e além do carro e celular, ele também estava com o um relógio do padre.

Pe. Antônio José Gabriel foi ordenado padre da Diocese de Leopoldina em 21 de abril de 1994, na Igreja Santa Rita de Cássia, em Além Paraíba. Recentemente havia celebrado 26 anos de vida sacerdotal. Possuía mestrado em Filosofia pela Puc RJ e doutorado em Teologia pela mesma Instituição. Trabalhou muitos anos na Universidade Federal de Juiz de Fora, como professor, secretário e posteriormente chefe do Departamento de Ciência da Religião. Foi Reitor do Seminário Maior Nossa Senhora de Guadalupe durante muitos anos, contribuindo para a formação de inúmeros presbíteros de nossa Diocese. Foi Pároco na Paróquia Mãe de Deus em Angustura e, por muitos anos, Pároco na Paróquia de Santo Antônio em Santo Antônio do Aventureiro. 
 
MENSAGEM DO BISPO DIOCESANO
Ao clero, religiosos, religiosas, familiares do Pe. Gabriel e a todo o Povo de Deus da diocese de Leopoldina!

Estamos vivendo um momento de muita tristeza na caminhada de nossa Igreja Particular. Recebo a notícia do trágico falecimento de um dos padres da diocese: o Pe. Gabriel. Penso nas palavras de Jesus a Pedro: “Eu orei por ti” (cf. Lc 22,32) e sei que Deus, pelas mãos carinhosas de Nossa Senhora, jamais desamparou esse seu filho dileto.

Recém-empossado na diocese, não cheguei a privar de sua convivência, mas sinto uma grande consternação pela sua morte repentina e violenta.

Solidarizo-me com a família, o Povo de Deus de Santo Antônio do Aventureiro e todos os seus muitos amigos. Muito particularmente, manifesto meus sentimentos aos padres da diocese, irmãos e amigos do Pe. Gabriel, e que se angustiam com essa notícia tão cruel.

Agradeço ao bom Deus pelos muitos trabalhos do Pe. Gabriel, por tudo que ele foi como pessoa e como padre. Pelas suas qualidades e méritos que, certamente, superam em muito seus limites e fragilidades.

Estamos no tempo pascal: convido a todos para meditarmos sobre o mistério da paixão, morte e ressurreição de Jesus e renovarmos a nossa confiança na misericórdia de Deus, que é a maior riqueza que D’ele recebemos e devemos anunciar a todo tempo e em toda circunstância.

Dom Edson Oriolo

Comentários

DJ Fábio Dias Cataguases