Covid-19: plano nacional de vacinação terá quatro fases

Proposta preliminar foi discutida em reunião realizada nesta terça-feira Foto: REUTERS/Dado Ruvic/Agência Brasil O plano nacional de vacinação contra a covid-19 terá quatro fases. Em cada etapa serão atendidos determinados tipos de públicos, escolhidos a partir do risco da evolução para quadros graves diante da infecção, da exposição ao vírus e de aspectos epidemiológicos da manifestação da pandemia no país. A proposta preliminar foi discutida em reunião realizada nesta terça-feira (1º) com a participação do Ministério da Saúde e outras instituições, como a Fundação Oswaldo Cruz, o Instituto Butantan, o Instituto Tecnológico do Paraná e conselhos nacionais de secretários estaduais (Conass) e municipais (Conasems) de saúde. A primeira fase terá como prioridade trabalhadores de saúde, pessoas de 75 anos ou mais e idosos em instituições de longa permanência (como asilos), bem como povos indígenas. Na segunda fase a imunização será focada nos idosos de 60 a 74 anos. Pacientes a partir de 6

COVID-19: Cataguases registra 34 casos suspeitos e Brasil chega a 57 mortes

Entre os casos suspeitos na cidade, 18 são do sexo feminino e 16 do sexo masculino

Subiu para 34 o número de casos suspeitos para o novo coronavírus (COVID-19), em Cataguases, conforme dados desta quarta-feira (25), da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG). 

Até o momento, apenas 1 exame que testou negativo, teve o resultado divulgado pela Secretaria Mnicipal de Saúde. A expectativa é que até esta sexta-feira possam sair o resultado de outros 3 exames, colhidos no dia 18 deste mês. 

Perfil

Entre os casos suspeitos, 18 são do sexo feminino e 16 do sexo masculino. distribuidos da seguinte forma: 

Até nove anos:
  • 4 do sexo feminino;
  • 2 do sexo masculino. 
Entre 10 a 19 anos:
  • 1 do sexo feminino;
  • 1 do sexo masculino.
Entre 20 a 29 anos:
  • 3 do sexo feminino;
  • 4do sexo masculino.
Entre 30 a 39 anos:
  • 4 do sexo feminino;
  • 4 do sexo masculino.
Entre 40 a 49 anos
  • 3 do sexo feminino;
  • 4 do sexo masculino.
Entre 50 a 59 anos:
  • 2 do sexo feminino;
  • 1 do sexo masculino.
Entre 80 a 89 anos:
  • 1 do sexo feminino.
Minas Gerais

Conforme o relatório desta quarta-feira, Minas gerais tem até o momento 14.227 casos suspeitos para COVID-19 e aumentou apenas 3 casos confirmados, passando para 133, todos em Belo Horizonte. No Estado não há óbitos. 


Município de Residência Total
Belo Horizonte 90
Juiz de Fora 8
Nova Lima 7
Uberlândia 7
Uberaba 3
Contagem 2
Mariana 2
Sete Lagoas 2
Betim 1
Bom Despacho 1
Campos Altos 1
Coronel Fabriciano 1
Divinópolis 1
Ipatinga 1
Lagoa da Prata 1
Patrocínio 1
Poços de Caldas 1
Timóteo 1
Residência em investigação 2
TOTAL 133
Fonte: COES MINAS/COVID-19/SESMG. Atualizado em: 24/03/2020.

Situação do Brasil

O número de mortes decorrentes do novo coronavírus (covid-19) chegou a 57, conforme atualização do Ministério da Saúde publicada hoje (25). Pela primeira vez desde o início da pandemia, foram registradas mortes fora dos epicentros do surto no país, São Paulo e Rio de Janeiro. Falecimentos em razão da covid-19 ocorreram em Pernambuco, no Rio Grande do Sul e no Amazonas.

O total de mortes marca um aumento de 11 em relação a ontem, quando a contabilização marcava 46 vítimas que vieram a óbito por conta da infecção. Na segunda-feira, eram 25 falecimentos. 

Do total, 48 foram em São Paulo, seis no Rio de Janeiro, uma no Amazonas, uma no Rio Grande do Sul e uma em Pernambuco.

O total de casos confirmados saiu de 2.201 ontem para 2433 casos. O resultado de hoje marcou um aumento de 28% nos casos em relação ao início da semana, quando foram contabilizadas 1.891 pessoas infectadas.

Como local de maior circulação do novo coronavírus no país, São Paulo também lidera o número de pessoas infectadas, com 862 casos confirmados. Em seguida, o Rio de Janeiro (370), Ceará (200), Distrito Federal (160), Minas Gerais (133) e Rio Grande do Sul (123).

Também registram casos confirmados Santa Catarina (109), Bahia (84), Paraná (81), Amazonas (54), Pernambuco (46), Espírito Santo (39), Goiás (29), Mato Grosso do Sul (24), Acre (23), Sergipe (16), Rio Grande do Norte (14), Alagoas (11), Mato Grosso (oito), Maranhão (oito), Piauí (oito), Roraima (oito), Tocantins (sete), Pará (sete), Rondônia (cinco), Paraíba (três), e Amapá (um).


O Ministério da Saúde recomenda o isolamento a quem apresenta sintomas da covid-19 e a moradores da mesma residência do paciente sintomático, bem como a idosos acima de 60 anos, pelo prazo de 14 dias. Uma vez terminado esse período, não haveria mais necessidade da medida, a não ser em casos de uma condição médica específica.
Fonte: Agência Brasil

Comentários

  1. Quando chegam os resultados? Até agora só apareceu 1 certo? E já se passou mais de 15 dias! Queremos saber!!!!

    ResponderExcluir
  2. Pela terceira vez, pergunto. Onde estão os resultados? Já se passou mais de 15 dias! E porque vcs não postam meu comentário? Agora com print para todos verem..

    ResponderExcluir
  3. Caso tenha resultados positivos, é melhor falarem. Pois assim, quem sabe todos fiquem em casa!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases