Polícia Militar prende em Cataguases foragido da justiça

Na sexta-feira (5), a Polícia Militar prendeu um foragido da justiça, na MG-447 próximo a localidade conhecida como Sereninho. Segundo a PM, a prisão foi possível após uma denuncia anônima dando conta de que o homem, de 38 anos, vulgo Bengala, com mandado de prisão em aberto, transitava pelo bairro Tomé em um veículo de aplicativo. Abordado, nada de ilícito foi localizado em seu poder, sendo dado voz de prisão e encaminhado para Delegacia de Polícia Civil para as demais providências. 

Belo Horizonte, Cataguases e Diamantina são pioneiras da Rede Cidades Criativas de Minas Gerais

Iniciativa foi oficializada por meio da assinatura de protocolo de intenções entre a Secult, Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) e as prefeituras de Diamantina e Cataguases em Belo Horizonte. Previsão será a inclusão de mais 20 cidades até 2022

A economia criativa mineira e toda sua cadeia produtiva, que envolve inovação, cultura e empreendedorismo, acabam de ganhar importante reforço com o lançamento da Rede Cidades Criativas de Minas Gerais. O objetivo da rede é fomentar a integração entre cultura e turismo no estado, articulando a participação e cooperação entre as cidades que reconhecem a criatividade como um fator estratégico para o desenvolvimento sustentável.


Solenidade de lançamento, que aconteceu no CCBB-BH, contou com apresentação da Vesperata de Diamantina, experiência gastronômica e sessão de cinema com o curta-metragem “Cataguases – Cidade do Cinema”

A rede mineira é inspirada pelo trabalho da Rede de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), que criou em 2004 o título de “Cidade Criativa”, concedido às cidades que se destacam em sete áreas: Artesanato e Artes Populares, Artes Midiáticas, Filme, Design, Gastronomia, Literatura e Música.

O secretário de Estado de Cultura e Turismo, Marcelo Matte, celebrou o lançamento da rede mineira. "A diversidade cultural é um dos mais fortes alicerces para o desenvolvimento social e econômico de Minas Gerais. A economia criativa é o futuro do nosso estado e será por meio dela que diversificaremos nossa matriz econômica e geraremos emprego e renda”, ressaltou.

O curta-metragem “Cataguases – Cidade do Cinema”, realizado pelo Polo Audiovisual do município de Cataguases, foi exibido na abertura do evento. Na oportunidade, o secretário também destacou a importância do apoio ao setor filmográfico do país.

“O audiovisual mineiro é uma referência de sucesso em nível nacional e, por isso, precisa ser valorizado por meio de políticas públicas estaduais e federais. Essa é uma das nossas missões à frente da Secretaria de Cultura de Turismo”, pontuou o secretário.


A iniciativa foi oficializada por meio da assinatura de protocolo de intenções entre a Secult, Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) e as prefeituras de Diamantina e Cataguases.  A rede mineira, que começa com Belo Horizonte, Cataguases e Diamantina, prevê a inclusão de mais 20 cidades até 2022.

O superintendente do Banco do Brasil em Minas Gerais, Ronaldo Alves de Oliveira, comemorou o avanço da economia criativa com assinatura do termo. “A criação da Rede abre oportunidades para impulsionarmos a economia e cultura do estado. É uma honra receber a Vesperata de Diamantina no CCBB para celebrar o nascimento da Rede Cidades Criativas”, enfatizou.

O vice-prefeito Que Tita Lima representou o prefeito Willian Lobo na solenidade.

Fonte: Agência Minas

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases