Pular para o conteúdo principal
Unipac
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

2 de dezembro: Minas Gerais completa hoje 301 anos de emancipação

Minas começou a ganhar autonomia administrativa em 1720, quando formou uma capitania própria e foi, por muito tempo, centro econômico brasileiro Neste dia 2 de dezembro de 2021, Minas Gerais completa 301 anos de sua emancipação da capitania de São Paulo, por alvará régio do Rei Dom João V, assinado após ouvir o Conselho Ultramarino, em 2 de dezembro de 1720. Até se tornar um estado tal qual conhecemos hoje, muita coisa aconteceu. A capitania de Minas Gerais foi o primeiro passo para a autonomia administrativa de Minas e ela é resultado do desmembramento da capitania de São Paulo e Minas do Ouro.  Com a descoberta da abundância de ouro no fim do século XVII a região se tornou o centro econômico da colônia. "Minas é, durante muito tempo, um conjunto de arraiais. Eu costumo comparar Minas nesse período com um filme de faroeste. É uma terra sem lei onde não existe um aparato administrativo, que vai se instalar só por volta de 1709 e que vai se consolidar por volta de 1720", expli

Casal é preso após ser flagrado mantendo relações sexuais dentro de veículo no centro de Cataguases

Após vídeo recente de uma mulher dependurada na porta de um ônibus em Cataguases, viralizar na internet, outro vídeo passou a ser compartilhado nas redes sociais, nesta quarta-feira, 25 de setembro. 


Foto: Reprodução Rede Social


Trata-se da prisão de um casal por atentado ao pudor após ser flagrado na prática de sexo oral no interior de um veículo em plena Praça Rui Barbosa no centro de Cataguases, isso por volta das 8 horas, com intensa movimentação de pessoas, inclusive crianças. 

Segundo informações da Polícia Militar, populares que teriam presenciado a cena, uma vez que o veículo não possui películas, acionaram os militares pelo 190.

O homem de 59 anos, residente em Cataguases e a mulher de 44 anos, residente em Santana de Cataguases, foram surpreendidos pelos policiais em pleno ato. Eles narraram que se encontraram na praça e permaneceram conversando por cerca de 40 minutos, quando resolveram entrar no carro para um momento mais íntimo.

Os dois receberam voz de prisão pelo crime de ato obsceno, previsto no artigo 233 do código penal e foram conduzidos à sede da 146ª Cia de PM onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), por se tratar de crime de menor potencial ofensivo e em seguida liberados após assinarem o referido termo e se comprometerem a comparecer no Juizado Especial da comarca quando intimados.

O automóvel foi guinchado, uma vez que encontra-se sem a devida documentação e o proprietário não portava a carteira de habilitação.



*Matéria atualizada para complementar informações - 25/09/2019 - 22:40

Comentários

Postar um comentário

Anuncie Aqui Anuncie Aqui