Proprietário de drogaria é preso em Pádua após vender comprimido abortivo para moradora de Cataguases

Um comerciante de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, foi preso em flagrante, depois de vender, para uma moradora de Cataguases, um medicamento utilizado ilegalmente para a indução do aborto. De acordo com informações, a prisão aconteceu na quinta-feira (21). Policiais Militares do 36º BPM já haviam sido alertados através de denúncia anônima e interceptaram o veículo GM Celta de aplicativo, no bairro Cidade Nova, onde viajava uma mulher, moradora de Cataguases, que levava consigo quatro comprimidos do medicamento abortivo. Ela alegou ter acabado de adquirir em uma drogaria que fica naquele mesmo bairro e que teria pago através de transferência bancária, realizada pelo companheiro, que determinou a interrupção da gestação. O comerciante foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil para as demais providências. Com informações e foto da Folha de Italva  

Polícia Militar prende dois por uso de droga e disparo de arma de fogo em Cataguases

A Polícia Militar prendeu, na madrugada desta terça-feira (30), em Cataguases, dois suspeitos de efetuarem disparos em via pública.

Conforme informou a PM, a Sala de Operações recebeu várias denúncias anônimas, dando conta de que indivíduos em um automóvel Fiat Pálio azul teriam exibido uma arma de fogo em um posto de gasolina e efetuado três disparos próximo ao posto de saúde no Leonardo, por volta de 1h30min. A polícia realizou buscas, mas não conseguiu encontrar os suspeitos.

Uma outra ligação anônima, por volta das 6h40min, avisou aos policiais que um veículo com características semelhantes ao anterior estaria estacionado próximo a uma escola, com os vidros totalmente abertos.

Os militares sargentos Amaral e José Luiz, deslocaram até o local e conseguiram abordar o veículo, sendo localizado em seu interior um cachimbo utilizado na pratica de uso de crack, um dichavador de drogas, uma faca e três cartuchos deflagrados de munição calibre 38. Na residência do condutor, foi apreendido outra cápsula calibre 38 deflagrada.

O condutor que aparentava ter feito uso de droga recebeu voz de prisão, bem como um outro homem que disse ser proprietário do veículo. Um terceiro suspeito, mulato, forte, cabelo raspado, cujo nome não foi informado, que teria efetuado os disparos não foi localizado e está sendo procurado. 


Todo material apreendido e os dois homens foram conduzidos para Delegacia de Plantão em Leopoldina para as demais providências. O veículo foi levado para um pátio credenciado junto ao Detran.

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases