PCMG prende em flagrante suspeito pela prática dos crimes de tortura e de cárcere privado em Visconde do Rio Branco

Também foi cumprido mandado de prisão em desfavor do investigado, de 29 anos, após apuração de denúncia relacionada à violência doméstica Na quinta-feira (3/12), a Polícia Civil de Minas Gerais prendeu em flagrante um homem de 29 anos, suspeito de cometer os crimes de tortura e de cárcere privado. A ação ocorreu, após apuração de denúncia relacionada à prática de violência doméstica contra a companheira do investigado. Conforme informações do delegado Aldrey Toledo Ribeiro, no fim de novembro, foi instaurado inquérito policial para apurar os fatos, assim que a PCMG recebeu relatório social do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) com a denúncia, noticiando que a vítima estaria vivendo, há algum tempo, em situação de cárcere privado e de tortura. “O referido documento informava ainda que a mulher seria trazida para a delegacia, no dia 02 de dezembro, quando teria uma consulta com a psiquiatra que estava acompanhando a vítima. No entanto, na data agendada, a vítima não comp

Prefeitura de Cataguases vende primeiro terreno para investir em postos de saúde

Dos treze terrenos que foram colocados à venda pela prefeitura de Cataguases, com autorização da Câmara Municipal para reformas de postos de saúde nos bairros, apenas um foi vendido. A licitação na modalidade Concorrência Pública aconteceu na última sexta-feira (15). O licitante Jairo Ferreira de Aguiar adquiriu o terreno municipal localizado no bairro Bandeirantes pela quantia de R$ 143 mil. Outros 12 terrenos, que não receberam propostas, serão colocados novamente à venda, informou a prefeitura.

Os terrenos estão localizados nos seguintes bairros: quatro no bairro São Cristóvão, três no São Vicente, dois no Santa Clara, um no Sol Nascente e outro no Colinas.

Conforme explicou a coordenadora de Licitação e contratos, Marcela de Souza Oliveira, no programa Conexão Cataguases, o tipo de licitação escolhido obedece à legislação para este caso, não podendo ser realizado leilão tradicional. Os interessados devem levar dois envelopes: um com todos os documentos exigidos no edital e outro com o valor da proposta. Vence quem oferecer a melhor proposta. Os valores variam de quase R$ 19 mil a mais de R$ 300 mil. 

A venda dos terrenos foi autorizada pelos vereadores por não possuírem metragem para construção de prédios públicos e pelo fato dos recursos serem direcionados para saúde, no caso, reformas de postos de saúde.

A data para nova licitação ainda será marcada.

Foto: Prefeitura de Cataguases

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases