AGORA É LEI: Em Cataguases autistas terão direito a Carteira de Identificação para garantia de direitos

Lei do vereador Ricardo Dias foi sancionada pelo prefeito José Henriques no último domingo (9) O prefeito de Cataguases, José Henriques, sancionou a Lei nº 4751/2021, de autoria do vereador Ricardo Dias que Institui e Regulamenta a emissão da Carteira de Identificação da pessoa com Transtorno do Espectro Autista (CIA/TEA) no âmbito do Município de Cataguases. O documento será emitido pelos Centros de Referências de Assistência Social (CRAS), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social e o portador poderá usufruir dos direitos concedidos a pessoa com TEA no Município, como preferência e prioridade total em todos os órgãos, setores e repartições públicas e particulares que possuam filas e ordem de chegada para fins de atendimento, gratuidade em estacionamentos públicos e privados, entre outros. A Lei já está em vigor e os responsáveis devem se dirigir a Secretaria de Desenvolvimento Social, localizada no Centro Administrativo na Rua Gama Cerqueira, 70, na Vila Domingos Lopes ou a um

Bairro Vila Esteves em Leopoldina passa a contar com Projeto Rede de Vizinhos Protegidos da Polícia Militar




Na noite desta quinta-feira (14/02), foi realizada a cerimônia de entrega de placas do Projeto Rede de Vizinhos Protegidos do bairro Vila Esteves, em Leopoldina. O evento contou com a participação dos moradores do bairro e da 2º sargento Edleny e 3º Sargento Coutinho, responsáveis pelas Redes de Proteção Preventiva da 37ª Cia PM. 

A implantação e entrega das placas do projeto tem como objetivo aumentar a segurança na comunidade e diminuir os crimes de roubo, furto e outros. O projeto torna possível que vizinhos se conheçam e estreitem a relação e, de forma voluntária, se unam para garantir a segurança no lugar onde vivem. 

Os participantes da rede de vizinhos protegidos contam com um grupo de Whatsapp para que eles possam manter contato entre e eles e a Polícia Militar e identificar possíveis atos criminosos nas ruas do Bairro. Os moradores ajudam a monitorar as residências localizadas nas proximidades, reduzindo assim os índices criminais e aumentando a sensação de segurança. 

O Projeto que foi iniciado na cidade em 2017, nos comércios do Centro, e agora está sendo expandido para as residências. Entre os bairros que aderiram ao projeto estão: Vila Esteves, Vale do Sol, Fábrica e Comunidade das Palmeiras. 




Rede de Vizinhos Protegidos 

Após os vizinhos manifestarem interesse em participar do projeto, quatro reuniões são realizadas pela PM com os moradores. Após explicação sobre o funcionamento da Rede de Vizinhos Protegidos, há a afixação das placas indicativas da rede. 

Os moradores, juntamente com a Polícia Militar, se encontram em reuniões organizadas periodicamente para discutir sobre os problemas do local. Para participar, os moradores do bairro devem entrar em contato com a PM.


Fonte: Assessoria de Comunicação da 37ª Cia PM

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases