Notícia

Energia elétrica fica mais cara a partir de hoje

A diretoria da ANEEL decidiu, em reunião extraordinária realizada nesta segunda-feira (30/11), reativar a sistemática de acionamento das Bandeiras Tarifárias. Aplicando a metodologia, ficou estabelecida a bandeira vermelha Patamar 2 no mês de  dezembro de 2020, com custo de R$ 6,243 para cada 100 quilowatts-hora consumidos, o que deixa a energia elétrica mais cara a partir de hoje (01/12). Em maio deste ano, em virtude da pandemia do novo Coronavírus, a ANEEL havia decidido manter a bandeira verde acionada até 31 de dezembro deste ano, mas a queda no nível de armazenamento nos reservatórios das hidrelétricas e a retomada do consumo de energia  levaram à revisão da decisão hoje. Criado pela ANEEL, o sistema de bandeiras tarifárias funciona como uma sinalização para que o consumidor de energia elétrica conheça, mês a mês, as condições e os custos de geração no País. Quando a produção nas usinas hidrelétricas (energia mais barata) está favorável, aciona-se a bandeira verde, sem acréscimos
Drogaria Santa Rita
Banner cadastramento cartão SUS
   

Adolescente é baleado no Ana Carrara em Cataguases

Um adolescente de 14 anos foi baleado no ombro por volta das 21 horas na Rua Expedito Liberato, bairro Ana Carrara em Cataguases.

De acordo com informações do Registro da ocorrência, o autor, de 17 anos, escondeu atrás de um poste e quando a vítima pasou de bicicleta, desferiu o tiro que acertou na altura do ombro. Ao presenciar o fato, a mãe do adolescente saiu gritando em direção ao autor que fugiu tomando rumo ignorado. Vítima e autor possuem passagens pela polícia. A motivação seria uma rixa entre jovens do bairro Ana Carrara e de uma Rua da Vila Leonardo. 

O adolescente, que é morador do Ana Carrara, foi socorrido pela Polícia Militar e conduzido para o Hospital de Cataguases onde passou por cirurgia para retirar o projétil ficando em observação. Informações iniciais dão conta de que o adolescente não corre risco de morte.

Um homicídio e um incêndio criminoso são creditados à rixa envolvendo moradores dos dois bairros. No dia 13 de dezembro de 2018, o jovem Keven Jhonatta Rodrigues Florentino, 19 anos foi morto a tiros próximo à entrada para  a Rua Pierre Teotônio da Silva, na Vila Leonardo. Um incêndio, no dia 3 de fevereiro deste ano, na casa do pai de Keven, também teria ocorrido por conta da discórdia entre estes grupos rivais.

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases