Corpo é encontrado amordaçado e com as mãos amarradas, boiando no Rio Muriaé

Na manhã deste domingo (11), um corpo do sexo masculino foi encontrado boiando no Rio Muriaé, na altura da Rua Paulo Roberto Guimarães, no bairro Patrimônio São José em Muriaé. Conforme a Polícia Militar, o corpo, ainda não identificado, foi encontrado por moradores que acionaram o corpo de Bombeiros. A vítima estava em avançado estado de decomposição, com as mãos amarradas para trás, vestido com roupas femininas e com a boca amordaçada por uma sacola plástica.  A Polícia Civil irá investigar o caso. Fotos: Site do Silvan Alves  

Corpo de Bombeiros Militar divulga orientações para organizadores de blocos carnavalescos

Planejamento e preparação são fundamentais para garantir a segurança dos foliões, de modo a evitar incidentes e obter rápida resposta em situações emergenciais

Para um carnaval seguro, é necessário que os organizadores fiquem atentos a alguns detalhes, conforme recomendação do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG). Além de seguir as instruções de segurança para blocos de carnaval (Instrução Técnica 39), é necessário que os responsáveis façam a declaração prévia de suas festividades por meio do site da corporação. 

O serviço é gratuito. A declaração, segundo o CBMMG, substitui o antigo anexo A da Instrução Técnica 39. Além disso, o Corpo de Bombeiros Militar também orienta organizadores sobre como proceder em casos e situações emergenciais, que podem ocorrer e envolver os foliões.

Planejamento seguro

A definição de uma conduta a ser realizada pela organização dos blocos em casos de emergência é de fundamental importância para o gerenciamento inicial da situação. Dessa forma, de acordo com os Bombeiros, torna-se possível a rápida assistência, evitando-se também o surgimento de quadros de pânico, esmagamento entre pessoas, esmagamento de pessoas contra estruturas físicas e pisoteamento, entre outros exemplos.

É recomendado que blocos carnavalescos com público acima de 3.000 foliões tenham sistema de som para contato e controle de público. Antes do início do deslocamento, informar os foliões via sistema de som sobre a presença e localização de brigadistas e ambulâncias.

Também é recomendado que a organização dos blocos conheça a capacidade operativa dos brigadistas, socorristas e ambulâncias presentes nos blocos carnavalescos, assim como definir, com antecedência, os meios de acioná-los com rapidez em caso de necessidade.

Nos momentos iniciais de uma emergência (princípio de incêndio e/ou pânico), recomenda-se aos organizadores:

  1. Encerrar a atividade da bateria e/ou encerrar a reprodução de som mecânico e interromper o deslocamento do trio elétrico (caso exista);
  2. Identificar a emergência e acionar os brigadistas (caso existam);
  3. Utilizar o sistema de som, com calma, para fornecer a orientação e o movimento ordenado dos foliões para área segura afastada do foco de incêndio e/ou origem do pânico, evitando uma aglomeração excessiva (superlotação) de foliões em um mesmo local;
  4. Acionar o Corpo de Bombeiros Militar pelo telefone 193, informando nome e numeral do local onde está ocorrendo a emergência, número do telefone que está falando, nome completo de quem fala e relato do que está ocorrendo;
  5. Durante os deslocamentos das viaturas do Corpo de Bombeiros Militar e/ou ambulâncias entre os foliões, recomenda-se encerrar a atividade da bateria e/ou encerrar a reprodução de som mecânico, bem como interromper o deslocamento do trio elétrico (caso exista). Também recomenda-se agir com calma para orientar o deslocamento dos foliões para uma área segura, utilizando o sistema de som para dar passagem ao veículo de emergência.

Dicas importantes para evitar princípios de incêndio e/ou pânico:

  • Siga as diretrizes do Corpo de Bombeiros Militar descritas na Instrução Técnica 39;
  • Cumpra as regulamentações municipais para o período do carnaval;
  • Não improvise instalações elétricas;
  • Não sobrecarregue as instalações elétricas com utilização de “plugues T” ou extensões.


Fonte: Agência Minas

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases