Após denúncia MP irá apurar descumprimento de protocolo na vacinação contra a Covid-19 em Cataguases

Vereador Rafael Moreira solicitou nome das pessoas que foram vacinadas, mas não foi atendido A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Cataguases, por meio da Promotora de Justiça Amanda Merlini Dutra Osipe, instaurou procedimento para apurar eventual descumprimento dos Planos Nacional e Estadual de Vacinação contra a Covid-19, pelo Município de Cataguases nesta sexta-feira (22). Conforme Nota Pública daquela procuradoria, enviada para a redação do Site Mídia Mineira, o objetivo de tal procedimento será apurar se pessoas que não se enquadram no grupo prioritário eleito pelas autoridades  sanitárias foram beneficiadas com a imunização. Confira a nota na íntegra no final da matéria. A administração terá 24 horas para enviar os seguintes documentos: Encaminhar a relação de pessoas que já foram ou serão imunizadas, indicando o nome completo e qual o grupo prioritário pertence; Informar quantas doses foram destinadas a cada grupo prioritário; Explicar se foi possível vacinar todos os idosos

Trabalhadores têm até hoje (28/12/2018) para sacar PIS/Pasep de 2016

Segundo Ministério do Trabalho, cerca de 1,8 milhão de pessoas com direito ao benefício ainda não realizaram a retirada dos valores

Acaba hoje, sexta-feira (28) o prazo final para trabalhadores retirarem o abono salarial do PIS/Pasep referente ao ano-base de 2016. Até o momento, cerca de 1,8 milhão de pessoas com direito ao benefício não resgataram o R$ 1,3 bilhão ainda disponível.

O prazo limite anterior para o saque do benefício era o dia 29 de junho, mas a data foi prorrogada por meio de uma resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). De acordo com o Ministério do Trabalho, foram pagos até o momento R$ 16,7 bilhões para 22,7 mil trabalhadores referentes ao ano de 2016.

Quem tem direito?

O benefício pode ser sacado pelo trabalhador que estava inscrito no Programa de Integração Social (PIS), no caso da iniciativa privada, ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), no caso de servidores públicos, por ao menos 30 dias em 2016, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.


Segundo o Ministério do Trabalho, quem esteve empregado durante todo ano recebe o valor cheio, equivalente a R$ 954, e quem trabalhou por 30 dias recebe o valor mínimo, R$ 80.

Fonte: Governo federal, com informações do Ministério do Trabalho

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases