Energisa utiliza helicóptero para inspeções na rede elétrica e garante agilidade em 95% dos serviços

Foram investidos R$ 180 mil para inspecionar 580 km de linhas. O compromisso da Energisa é a excelência no fornecimento de energia elétrica, serviço essencial para toda a população. Por isso, a empresa está investindo cada vez mais em tecnologia e modernizando a rede elétrica. Para agilizar as inspeções na rede, a Energisa Minas Gerais conta com equipamentos modernos e um helicóptero para inspeções visuais e termográficas aéreas nas linhas, garantindo maior rapidez. Dentro do planejamento estratégico de investimento na rede, no mês de março, foram inspecionados aproximadamente 580 km de linhas de transmissão, que interligam as subestações da área de concessão da Energisa em Minas Gerais, um investimento de cerca de R$ 180 mil. Utilizando equipamentos de alta tecnologia, com uma câmera das mais avançadas do mercado, acoplada ao helicóptero, é possível identificar, desde o estágio inicial, os locais onde ações corretivas devem ser realizadas de forma programada. A câmera de

Mulher é encontrada morta na BR-116 em Miradouro

Uma mulher identificada como Márcia Soares de Almeida, 48 anos, foi encontrada morta, na BR-116, em Miradouro, na noite desta sexta-feira (14). A suspeita é de que ela teria sofrido um atropelamento e o condutor teria fugido sem prestar socorro. Não foi descartada a hipótese da vítima ter se atirado na frente de algum veículo, uma vez que familiares contaram para a PM que a mesma sofria de depressão e já teria tentado contra a própria vida em outra ocasião, mas os fatos ainda serão investigados.

O Corpo de Bombeiros chegou ao local e já encontrou a vítima sem os sinais vitais. Eles tentaram reanimá-la através de manobras de ressuscitação, mas não tiveram êxito. Um médico do SAMU atestou o óbito.

Após os trabalhos periciais da Polícia Civil o corpo foi liberado para o Instituto Médico Legal (IML) de Muriaé.

*Foto: Portal Miradouro

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases