Prefeito de Dona Euzébia é acusado de compra de votos e abuso de poder político na eleição

[Foto: Prefeitura de Dona Euzébia / Divulgação] O prefeito de Dona Euzébia, Manoel Franklin Rodrigues, o Nenzinho (Cidadania) e o vice-prefeito, Roberto Marques de Paula (PSDB), compareceram, na manhã desta terça-feira (23), para prestarem depoimentos no fórum de Cataguases, localizado, na Praça Dr. Cunha Neto. Os dois, prefeito e vice, respondem a ação de impugnação de mandato eletivo por compra de votos, proposta pelo segundo colocado no pleito eleitoral, Itamar Ribeiro Toledo, o Mazinho. Conforme o processo, que o Site Mídia Mineira teve acesso, a inicial aponta 10 fatos atribuídos ao atual prefeito e ao vice, que supostamente caracterizariam abuso de poder econômico e político para obter votos ou impedir que o eleitor fosse votar em outro candidato. Os fatos apontados são os seguintes: Doação de piso para eleitor, supostamente pago por Nenzinho em troca de voto; doação de cestas básicas em troca de votos; pagamento de R$ 1.500,00 a eleitora para que ela e os membros da família não

Ladrões invadem construção para tentar furtar loja no centro de Cataguases

Quatro homens foram vistos invadindo uma construção na Rua Cleto da Rocha, que dá para os fundos de uma grande loja de móveis e eletrodomésticos, localizada na Avenida Visconde Do Rio Branco, no centro de Cataguases, na noite deste domingo (2). A suspeita é que eles estariam tentando abrir um buraco na parede para furtar a loja.

De acordo com informações preliminares colhidas no local pela reportagem do Site Mídia Mineira com testemunhas, os quatro homens, vestidos de preto, foram vistos - por uma vizinha - arrombando o cadeado da construção e adentrando na obra por volta das 19 horas aproximadamente. Imediatamente a vizinha gritou e os homens saíram carregando uma sacola preta. Segundo as informações, dois homens fugiram em um Toyota Corolla branco, um terceiro em um carro menor, também branco e o quarto à pé.



Os proprietários estiveram no local e não deram por falta de nada, no entanto, uma parede de um dos banheiros que já havia sido quebrada em uma tentativa de furto anterior, apresentava um pequeno buraco, que teria sido feito recentemente, segundo o construtor da obra, indicando que o objetivo seria mesmo entrar na loja para furtar. 

Os proprietários também observaram que o cachorro pode ter ingerido algum tipo de calmante pois não apresentava reações normais.

A Polícia Militar foi acionada e até o fechamento desta matéria realizava rastreamentos para tentar localizar os suspeitos.



Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases