Notícia

Candidato acusa assessores do deputado Fernando Pacheco de comprar votos para campanha de José Henriques a prefeito de Cataguases

Uma denúncia do candidato Carlos Magno, o Maguinho (PSL), sobre suposta compra de votos realizada por assessores do deputado estadual Fernando Pacheco (PV) para beneficiar a campanha do candidato José Henriques (MDB), sacudiu o meio político de Cataguases, após o primeiro debate de candidatos a prefeito, realizado pelo Sistema Multisom de Rádio.
No vídeo divulgado na página de Carlos Magno, aparecem o empresário Marco Antônio Cadete Souza,  conhecido como Marco Antônio da VT, juntamente com o assessor de Fernando Pacheco, Edson Antônio de Campos Hessel, dizendo abertamente que já entregaram mais de 300 cestas básicas. No vídeo também são citadas a filha de Marco Antônio VT e a esposa do candidato José Henriques, Gabriela, ambas são assessoras do deputado estadual Fernando Pacheco Fialho.
O Site Mídia Mineira entrou em contato com o candidato Carlos Magno, o Maguinho, por telefone, o qual informou que a campanha deverá entrar com denúncia no Ministério Público nesta segunda-feira (19), o…
Drogaria Santa Rita
Banner cadastramento cartão SUS
   

Mulher é assaltada e estuprada dendro de casa em Muriaé

Uma mulher foi estuprada e roubada dentro de sua residência em Muriaé, nesta quarta-feira (3). A Polícia não divulgou o nome e endereço da vítima por razões de segurança.

De acordo com informações, um homem negro, cerca de 1,80, forte, trajando camisa listrada e bermuda jeans, chamou na residência da vítima perguntando informações sobre um imóvel vizinho e em seguida pediu água. Enquanto a vítima foi buscar o copo de água, o homem entrou e a rendeu, ameaçando-a com um objeto pontiagudo pedindo dinheiro. Após pegar o dinheiro, cerca de R$ 300, ele amarrou a mulher e a estuprou, fugindo em seguida. Além do dinheiro, o homem roubou o celular da vítima.

A PM realizou vários rastreamentos na região, mas não conseguiu localizar o autor. 

A vítima foi encaminhada para o Hospital São Paulo onde realizou exame que constatou a violência sexual. 

Informações que ajudem a polícia a chegar ao autor podem ser repassadas anonimamente pelos telefones 190, ou 181 (Disque-Denúncia).

O caso será investigado pela Polícia Civil. 

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases