Pular para o conteúdo principal
Unipac
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Câmara de Dona Euzébia rejeita parecer do TCEMG e aprova contas de 2014 do ex-prefeito Mazinho

Decisão aconteceu após o ex-prefeito apresentar defesa em plenário. Nesta quinta-feira (2), os vereadores de Dona Euzébia rejeitaram o parecer do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) e aprovaram as contas do ex-prefeito da cidade, Itamar Ribeiro Toledo, o Mazinho, referente ao exercício de 2014. No dia 12 de agosto, os vereadores realizaram uma votação para analisar o parecer do TCE, mas a mesma foi anulada pelo próprio TCE, devido a falta de quórum e a ausência de defesa do ex-prefeito. Na ocasião, a Comissão de Finanças havia acompanhado o parecer do TCE, mas após o comparecimento de Mazinho, dentro do prazo regimental, os vereadores aceitaram os argumentos, fazendo com que a maioria dos membros da comissão mudassem o voto, deixando os demais edis à vontade para rejeitar o parecer por 6 votos a 3. Não é a primeira vez que a Câmara de Dona Euzébia rejeita um parecer do TCEMG.  O fato já ocorreu em outras duas oportunidades, quando os vereadores rejeitaram o parecer do

Canal permite à população verificar notícias sobre saúde

Informações falsas colocam a vida dos brasileiros em risco. Caso tenha dúvidas, não compartilhe e consulte o serviço

Correntes se espalham pelo WhatsApp com informações falsas.
Foto: Pixabay

Canal criado no programa de mensagens WhatsApp permite verificar, de forma gratuita, se informações sobre saúde são falsas - as chamadas fake news. Pelo número (61) 99289-4640, profissionais de saúde das áreas técnicas do governo federal vão avaliar se textos ou imagens são verdadeiros ou não.

Além da resposta no aplicativo, os textos avaliados serão publicados no Portal Saúde e nas redes sociais para fortalecer o combate aos boatos. De acordo com o Ministério da Saúde, notícias falsas têm sido compartilhadas, em especial pelo WhatsApp, sobre temas importantes de saúde, como tratamentos “milagrosos” para o câncer e alegações de que vacinas fazem mal.

Vacinação

Informações sem respaldo científico podem afastar pessoas doentes do tratamento médico e fazer com que crianças não sejam vacinadas, o que permite o retorno de doenças já erradicadas ao País.

No momento, os estados de Roraima e Amazonas enfrentam surtos de sarampo, e para isso o governo realiza uma campanha de vacinação contra a doença e também contra a poliomielite até a sexta-feira (31). Ambas vacinas são seguras, têm eficácia comprovada e devem ser aplicadas em todas as crianças de 1 a menores de 5 anos, independentemente da situação vacinal.

Dúvidas

O canal não deve ser usado como serviço de atendimento ao cidadão: para isso, o cidadão deve procurar a Ouvidoria Geral do SUS, no telefone 136.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Saúde

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui