Leopoldina prepara plano de vacinação contra coronavírus

Leopoldina já está preparando seu plano de vacinação contra a covid-19. A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, recebeu nesta semana o primeiro lote de seringas, um total de 16.821 unidades que serão utilizadas na imunização dos leopoldinenses. Todo o plano de imunização será feito de acordo com protocolos e orientações do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde do Governo de Minas. O prefeito de Leopoldina, Pedro Augusto Junqueira Ferraz, e o secretário Municipal de Saúde, Márcio Machado, conferiram de perto a chegada do material. Segundo o secretário, na primeira fase da imunização, a prioridade será vacinar pessoas do grupo de risco. Ainda segundo ele, a Prefeitura já está preparando um espaço para a instalação da Sala de Vacina da covid, possivelmente em um local centralizado, para facilitar o acesso. Equipamentos para o armazenamento das doses, como geladeiras e câmaras frias, também já estão sendo preparados. A expectativa é que a vacinação comece em

Beneficiários do BPC devem estar inscritos no Cadastro Único até dezembro

Todos os idosos e pessoas com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) devem se cadastrar até o final do ano

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) concede um salário mínimo para pessoas com deficiência e idosos acima de 65 anos cuja renda familiar é de um quarto de salário mínimo por pessoa — menos de R$ 258,50. Mas para receber o benefício é necessário estar inscrito no Cadastro Único.

Em julho de 2016, o governo determinou a inscrição obrigatória no Cadastro Único e no Cadastro de Pessoa Física (CPF) das pessoas que recebem o BPC. O objetivo da medida é fortalecer e ampliar o acesso à rede socioassistencial. Desde então, o beneficiário que não realiza a inscrição ou a atualização no Cadastro Único, no prazo estabelecido,  tem o beneficio suspenso.

Confira algumas informações sobre o processo:

O que é o Cadastro Único?

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal permite que o governo conheça melhor as famílias de baixa renda. Ele compila, entre outras informações, a identificação de cada pessoa, escolaridade, trabalho e renda e características da residência. Atendem essas famílias iniciativas como o Bolsa Família, o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e o Minha Casa Minha Vida, por exemplo.

Quem deve ser cadastrado? Até quando?

Todos aqueles que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), como idosos e pessoas com deficiência, devem obrigatoriamente se cadastrar até 31 de dezembro de 2018. Caso contrário, o pagamento do benefício será suspenso.

Como posso me cadastrar ou cadastrar meus familiares?

Para realizar a inscrição, o cidadão deve ir a um Centro de Referência da Assistência Social (Cras) ou a um posto do Cadastro Único na cidade. E não é necessário que apenas o beneficiário faça o próprio cadastro: o Responsável pela Unidade Familiar (RF), que pode ser qualquer pessoa da família, deve ter mais de 16 anos e apresentar o CPF ou o Título de Eleitor próprio, bem como a certidão de nascimento, certidão de casamento, CPF, carteira de identidade (RG), carteira de trabalho ou o Título de Eleitor dos familiares.

Como verificar o endereço do Cras na minha cidade?


Os endereços podem ser consultados no portal do Ministério do Desenvolvimento Social ou no aplicativo Meu CadÚnico, disponível para iOS e Android. Para maiores informações, os brasileiros podem ligar para o telefone 0800 707 2003, do ministério.

Fonte: Governo do Brasil,
com informações do Ministério do
Desenvolvimento Social e
da Agência Brasil

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases