Prefeito de Dona Euzébia é acusado de compra de votos e abuso de poder político na eleição

[Foto: Prefeitura de Dona Euzébia / Divulgação] O prefeito de Dona Euzébia, Manoel Franklin Rodrigues, o Nenzinho (Cidadania) e o vice-prefeito, Roberto Marques de Paula (PSDB), compareceram, na manhã desta terça-feira (23), para prestarem depoimentos no fórum de Cataguases, localizado, na Praça Dr. Cunha Neto. Os dois, prefeito e vice, respondem a ação de impugnação de mandato eletivo por compra de votos, proposta pelo segundo colocado no pleito eleitoral, Itamar Ribeiro Toledo, o Mazinho. Conforme o processo, que o Site Mídia Mineira teve acesso, a inicial aponta 10 fatos atribuídos ao atual prefeito e ao vice, que supostamente caracterizariam abuso de poder econômico e político para obter votos ou impedir que o eleitor fosse votar em outro candidato. Os fatos apontados são os seguintes: Doação de piso para eleitor, supostamente pago por Nenzinho em troca de voto; doação de cestas básicas em troca de votos; pagamento de R$ 1.500,00 a eleitora para que ela e os membros da família não

Motociclista de Cataguases com sinais de embriaguez é detido após atropelar e matar pedestre na BR-116 em Leopoldina


Um homem morreu depois de ser atropelado por um motociclista com sinais de embriaguez na noite desta sexta-feira (15) na BR-116 em Leopoldina. O condutor do veículo Yamaha/XT 600, emplacada em Guiricema, foi detido pela Polícia Rodoviária Federal. SAMU, PRF e Polícia Militar atenderam a ocorrência.

O acidente aconteceu na altura do Km 760,9, próximo ao Bairro Três Cruzes. Segundo a PRF, o condutor, de 37 anos é natural de Cataguases, atingiu o pedestre que caminhava no acostamento da via sentido bairro. A vítima chegou a ser socorrida pelo SAMU com vida para o Pronto-Socorro Municipal (PSM) da Casa de Caridade Leopoldinense com diversos ferimentos mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O condutor da moto não se feriu.

Como o motociclista apresentava sinais de embriaguez, os policiais rodoviários federais solicitaram que fosse realizado o teste do bafômetro, mas ele recusou. Após ser encaminhado ao PSM de Leopoldina para realização do exame de corpo de delito, em seguida o condutor foi conduzido até a Delegacia Regional de Polícia Civil de Leopoldina para as demais providências.


Fonte: O Vigilante On Line
Matéria atualizada: 16/06/2018 às 14:22

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases