Após denúncia MP irá apurar descumprimento de protocolo na vacinação contra a Covid-19 em Cataguases

Vereador Rafael Moreira solicitou nome das pessoas que foram vacinadas, mas não foi atendido A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Cataguases, por meio da Promotora de Justiça Amanda Merlini Dutra Osipe, instaurou procedimento para apurar eventual descumprimento dos Planos Nacional e Estadual de Vacinação contra a Covid-19, pelo Município de Cataguases nesta sexta-feira (22). Conforme Nota Pública daquela procuradoria, enviada para a redação do Site Mídia Mineira, o objetivo de tal procedimento será apurar se pessoas que não se enquadram no grupo prioritário eleito pelas autoridades  sanitárias foram beneficiadas com a imunização. Confira a nota na íntegra no final da matéria. A administração terá 24 horas para enviar os seguintes documentos: Encaminhar a relação de pessoas que já foram ou serão imunizadas, indicando o nome completo e qual o grupo prioritário pertence; Informar quantas doses foram destinadas a cada grupo prioritário; Explicar se foi possível vacinar todos os idosos

Sem previsão do término da paralisação dos caminhoneiros Prefeitura e Hospital de Cataguases divugam novas medidas

Mesmo com vários pontos do país já liberados pelos caminhoneiros, ainda existem outros tantos que insistem em continuar com a greve e embora já comece a chegar combustível em Juiz de Fora, em Cataguases não existe previsão para que os postos consigam reabastecer. 

Os caminhoneiros entraram no nono dia de paralisação e incluíram outros itens na pauta, como a demissão de Pedro Parente, presidente da Petrobrás e o refino do combustível exclusivamente no Brasil para que todo combustível venha baixar. São vários núcleos pelo país com pautas diferentes, o que dificulta a negociação. Além do mais, o governo não fala em diminuir o preço do combustível, mas apenas do diesel, o que aumenta a revolta da população.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal, em Minas Gerais, existem 59 pontos de manifestação nas rodovias e destes, 40 já permitem a circulação de veículos.

Diante do quadro, a expectativa de retomar a normalidade ficou para o meio ou final da semana o que obrigou a Prefeitura de Cataguases a ampliar as medidas emergenciais. 

Confira abaixo como ficou o funcionamento dos principais serviços públicos:

Saúde: Transporte de pacientes que necessitam de tratamentos de urgência, oncológico e de hemodiálise são as prioridades. Os postos de saúde funcionam normalmente.

Educação: Não haverá aula na rede municipal nesta terça-feira (29) e quarta-feira (30). Como quinta-feira é feriado, as aulas deverão se normalizar apenas na próxima segunda-feira.

Serviços Urbanos: Patrolamento e poda estão suspensos.

Assistência Social: As atividades do Centro de Convivência da Criança e do Adolescente e o Pró-Idoso estão suspensas. O CRAS funciona das 8 às 12 horas. Bolsa Família, CREAS, Casa de Maria e Secretaria de Desenvolvimento Social estão atendendo no horário normal, das 8 às 17 horas.

Transporte Público: Os ônibus permanecem trafegando em escala reduzida.


Hospital de Cataguases

A Mesa Diretora do Hospital de Cataguases comunicou na tarde desta segunda-feira que devido a greve, decidiu suspender temporariamente as cirurgias eletivas para priorizar os atendimentos de urgência e emergência. Na nota a Santa Casa esclarece que novas ações serão analisadas diariamente pela Mesa Administrativa, até que o fornecimento dos suprimentos se normalize por completo.

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases