Polícia Civil incinera cerca de 2 toneladas de drogas em Juiz de Fora

O material foi apreendido em ações realizadas pelas forças de segurança na área que compreende a 1ª Delegacia Regional em Juiz de Fora Nesta quinta-feira (4/3), a Polícia Civil de Minas Gerais incinerou cerca de 2 toneladas de drogas, tais como maconha e outras substâncias, em uma empresa situada na Zona Norte do município de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira.  O material foi apreendido em ações da PCMG e de outras instituições de segurança pública, realizadas na área que compreende a 1ª Delegacia Regional em Juiz de Fora, unidade que pertence ao 4º Departamento de Polícia Civil.  Além do titular da Delegacia de Combate ao Narcotráfico, delegado Rafael Gomes,  também acompanharam os trabalhos de incineração representantes do Ministério Público, do Judiciário e da Vigilância Sanitária. Fonte: Polícia Civil de Minas Gerais

Primeira parcela do IPTU 2018 vence dia 20 de maio em Cataguases

Já estão sendo distribuídos em Cataguases, pelos Correios, os carnês do IPTU 2018. 

O contribuinte que optar pelo pagamento à vista terá desconto de 10% ou de até 15% se estiver quite com as demais obrigações tributárias municipais. O pagamento da 1ª parcela mensal (de um total de oito) ou da cota única vence no dia 20 de maio.

Tributos em atraso

A Prefeitura também está oferecendo ao contribuinte uma nova oportunidade  para a renegociação de débitos tributários inscritos em dívida ativa, inclusive os que já estejam em execução judicial, referentes ao IPTU, ISS, ITBI e demais taxas municipais. Agora, o pagamento poderá ser realizado em até cinco parcelas, neste caso sem desconto, ou à vista com 20% de desconto sobre multas e juros. O parcelamento do IPTU deverá ser solicitado somente pelo titular do imóvel. Vale lembrar que do total arrecadado em tributos municipais, pelo menos 25% são destinados à Educação e 15% para a Saúde.

Conforme esclarece o secretário municipal da Fazenda, Mauro Fachini Gomes, estando em dia com suas obrigações, o contribuinte poderá, por exemplo, obter certidões para abertura de empresa. Se inadimplente, o crédito poderá ser protestado em cartório, o que gera novas despesas ao contribuinte, e, se essa cobrança não surtir efeito, poderá sofrer custas processuais e até honorários advocatícios diante de uma execução judicial. “Vale lembrar que a cobrança de tributos é uma obrigação legal do gestor. A Lei de Responsabilidade Fiscal exige que o gestor cobre aquilo que é devido ao município, pois ele não pode abrir mão de receita. Por outro lado, a Prefeitura também reconhece as dificuldades financeiras do contribuinte e, por isso mesmo, oferece condições que facilitem o cumprimento dessas obrigações”. Para mais informações, o contribuinte deve procurar o setor de Dívida Ativa da Secretaria da Fazenda, que funciona no Centro Administrativo (antigo Pronto Cordis), na Rua Gama Cerqueira, 70, das 8 às 17 horas, ou ligar para o telefone 3429-2529.

Com informações do Jornal Cataguases

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases