Notícia

Vigilância Sanitária realiza ação educativa de combate a Covid-19 no distrito de Sereno

Terminou na segunda-feira (19), ação educativa da Secretaria Municipal de Saúde de Cataguases por meio da Vigilância Sanitária, em todo o comércio no distrito de Sereno. Entre os dias 16 a 19 deste mês a equipe de Fiscalização da Vigilância Sanitária se revezou para novamente visitar os estabelecimentos do Distrito, onde os casos de COVID-19 têm aumentado significativamente.
Foram lavradas quase 20 notificações sanitárias, além de intervenções de orientação em diversas atividades, a saber:  bares, restaurantes, mercados, lanchonetes, padarias, igrejas, salões de beleza, loja agropecuária, entre outras. Foram reforçadas as orientações quanto à importância do uso de máscaras, uso de álcool em gel, cuidados sobre a lavagem das mãos, higiene dos estabelecimentos, medidas de distanciamento e consumo no local. 
A secretaria reforça, no entanto, que estas ações somente são eficientes e eficazes quando contam com a colaboração de todos os envolvidos no processo. Além dos estabelecimentos comerci…
Drogaria Santa Rita
Banner cadastramento cartão SUS
   

Ballet do Amor Brasileiro encerra as comemorações de 30 anos da Fundação Ormeo Junqueira Botelho




Devido a chuva que caiu na tarde deste domingo (29), o espetáculo “Ballet do Amor Brasileiro” - que estava previsto para acontecer inicialmente na Praça Santa Rita - foi transferido para o Centro Cultural Humberto Mauro, mas contou com um excelente público que lotou o teatro para apreciar um verdadeiro show de leveza e romantismo. A exibição encerra as celebrações de 30 anos da Fundação Ormeo Junqueira Botelho em Cataguases. 

Produzido pela Palco Produções Artísticas, com direção geral de Paulo Rogério Lage e direção de Miriam Pederneiras, a apresentação conta com incentivo da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e patrocínio da Energisa.

O espetáculo Ballet do Amor Brasileiro tem como objetivo deixar fluir no público as emoções vividas por casais de bailarinos, quando o tema da paixão se desenvolve mediante o rico repertório musical brasileiro, utilizando canções do inconsciente coletivo do nosso povo, associadas ao verbo AMAR, mesmo quando de seus desencontros.

Dez canções, Tom e Vinícius, Villa Lobos, Edu, Caetano, Flávio Venturini e Murilo Antunes, Roberto e Erasmo, João Bosco e Aldir Blanc, Milton e Brant; todas as músicas em trilha de arranjos originais, cinco da Orquestra Ouro Preto, regida e dirigida pelo Maestro Rodrigo Toffolo, cinco arranjadas e com participação do músico Rodrigo Torino, duas na voz de Leopoldina, duas na voz de Roberto Tostes.

Faz parte do projeto toda uma equipe vinda do Grupo Corpo: Mirinha Pederneiras, a bailarina de pas de deux belíssimos, como os de Canções e Último Trem, agora Assistente de Direção; Pedro Pederneiras, o Diretor de Cena da Companhia, no projeto de iluminação e cenografia; Gabriela Junqueira, também bailarina do Corpo, nos figurinos; Sandra Santos, ex-bailarina do Grupo e Samuel Samwais, nas coreografias. Toda uma escola Corpo, no seu sentido amplo e transcendente, moveu-se em torno do tema: a dança do amor e a música brasileira. 

Em sequência, três audições e oito bailarinos escolhidos. Pés, braços, mãos, corpos, artérias e corações, sentimentos e execuções a revelar uma maneira brasileira de amar: Bianca, Grécia, os Lucas Campos e Resende, Michele, Sílvia, Ueslei e Walleyson.

Pelos títulos das músicas Ballet do Amor Brasileiro se revela: Chora Coração, Canção do Amanhecer, Besame, Que vá tudo para o inferno, Quando o amor acontece, Melodia Sentimental, Você não entende nada, Fruta Boa e Imagina.

Ao final da apresentação o público aplaudiu de pé os quatro casais de bailarinos pela belíssima apresentação que brindou Cataguases com esse importante evento cultural. 

Com informações da Assessoria de Imprensa






Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases