728x90 AdSpace

Magazine Luiza
  • Últimas

    Sicred Santa Rita Drogaria
    Curso de Barbeiro Promoção autos
    quarta-feira, 20 de dezembro de 2023

    Última sessão ordinária da Câmara de Cataguases é marcada por apoio a vereadora Stéfany Carli

    Ofício protocolado pela esposa de Dudu Barcelos pedia a cassação da vereadora por quebra de decoro parlamentar.



    A última sessão ordinária da Câmara Municipal de Cataguases, realizada nesta terça-feira, 19 de dezembro, foi palco de intensas manifestações de apoio à vereadora e secretária da Câmara, Stéfany Carli (PT). O motivo da mobilização foi um ofício protocolado por Bernadete Teixeira da Silva Assis, esposa do advogado Eduardo Barcelos, que solicitava a instauração de Comissão Processante e a eventual cassação do mandato da vereadora por suposta falta de decoro parlamentar.

    A denúncia em questão referia-se à participação do advogado em atos ocorridos em 8 de janeiro em Brasília, pelos quais ele foi posteriormente preso pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Stéfany Carli, por sua vez, havia enviado um ofício ao Ministro Alexandre de Moraes denunciando a participação do advogado na referida data. Bernadete argumentou que seu esposo não participou dos atos e que a denúncia da vereadora, bem como a sua divulgação em redes sociais, seriam caluniosas.

    A matéria continua após a publicidade:



    A sessão contou com dezenas de apoiadores ligados ao PT e outros partidos de esquerda, que compareceram à Câmara Municipal para expressar solidariedade à vereadora. O procurador da Casa Legislativa, Ricardo Zanella, emitiu parecer contrário à denúncia de calúnia, destacando que o advogado ainda não foi julgado pelo crime imputado e encontra-se preso, não sendo comprovada a veracidade da denúncia de Bernadete.

    Além disso, foram lidos diversos ofícios de apoio à vereadora, vindos de diferentes esferas políticas e sociais, incluindo representantes de municípios vizinhos, coordenadores de programas legislativos e parlamentares estaduais, conforme a seguir: Vereadora Ludimila Corrêa Bastos (PT) do Município de Mario Campos/MG; sociólogo Claudinei, coordenador do Parlamento Jovem da Câmara Municipal de Matias Barbosa; deputado estadual Betão (PT), deputada estadual Leninha (PT), vereador Edvaldo Franquido Donato do Vale (PT) de Leopoldina e da Secretaria Estadual de Mulheres do PT de Minas Gerais. A deputada estadual Andréia de Jesus (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, também enviou ofício e alegou violência de gênero contra a vereadora de seu partido.


    Vale ressaltar que antes da leitura dos ofícios de apoio, foi feito também a leitura do pedido de Bernadete para a retirada da denúncia, o qual foi prontamente acatado pelo presidente da Câmara, sendo retirado da votação. A atitude gerou questionamentos sobre o tempo utilizado (mais de 1 hora) para falar sobre o tema, considerando que a própria autora da denúncia solicitou a retirada. 

    Ao final a vereadora agradeceu a solidariedade e companherismo de todos.

    Por Mídia Mineira.

    Google News

    Entre para o nosso canal no Whatsapp: Clique aqui

    • Comente no Site
    • Comente no Facebook

    0 comments:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: Última sessão ordinária da Câmara de Cataguases é marcada por apoio a vereadora Stéfany Carli Rating: 5 Reviewed By: Mídia Mineira
    Voltar para o Início