728x90 AdSpace

Magazine Luiza
  • Últimas

    Sicred Santa Rita Drogaria
    Curso de Barbeiro Promoção autos
    quinta-feira, 7 de dezembro de 2023

    Prevenção de acidentes com informação e acolhimento

    Como a Energisa se relaciona com seus clientes para evitar acidentes com a rede elétrica.


    Imagine uma cena comum em qualquer cidade do país: um fim de semana de sol com crianças soltando pipas e pessoas trabalhando em reformas em suas casas. São cenas tão comuns em meio ao cenário urbano de ruas, muros e postes que por vezes esquecemos dos riscos de atividades realizadas perto da rede elétrica.

    Seja na cidade ou no campo, os desafios são muitos quando o assunto é segurança: das pipas à construção civil, passando pelo intenso trabalho da agricultura no campo, além do plantio de árvores, cada atividade necessita de cuidados e esforços diferentes da Energisa para garantir a segurança e o bem-estar de seus clientes.

    • Para a comunidade, temos uma abordagem especial: com a ‘Parada de Segurança’, nossas equipes vão a campo para conscientização de profissionais da construção civil, das serralherias, pintores, além de conversarmos com as crianças e adolescentes. Os maiores riscos vêm das pipas e da intervenção não autorizada na rede, das construções e aqueles puxadinhos que a pessoa faz na reforma da casa, avançando para a rede e correndo o risco de sofrer um acidente. Uma informação valiosa para a sua segurança é que os choques elétricos não acontecem somente quando tocamos, cortamos ou algo se enrosca nos fios. Dependendo da tensão da rede, não precisa encostar nos fios para levar um choque – explica Valdecy Barros, presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e supervisor da Energisa Minas Rio.
    Há localidades também, onde o agronegócio é muito forte. No campo, a atenção deve ser redobrada: com as linhas de alta tensão, caminhões ou implementos agrícolas, no momento do basculamento, por exemplo, podem expor seus ocupantes a risco grave de morte por indução. Outra situação, seja no campo ou na cidade, é o cuidado com o plantio das árvores observando as distâncias da rede elétrica, além da realização das podas preventivas. Vale ressaltar que a manutenção da poda é responsabilidade os órgãos municipais. E nas áreas privadas, cabe ao proprietário, responsável pelo imóvel ou condomínio contratar um profissional habilitado.

    Somente na última ‘Parada de Segurança’, realizada em novembro, 62 colaboradores, divididos em 26 equipes, visitaram 25 cidades, 112 construções, 106 lojas de materiais de construção e serralherias, conscientizando ao todo cerca de 800 pessoas. Na ação, a distribuidora contou com a parceira de instituições públicas como Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e CREA.

    É com esse acolhimento que a Energisa se aproxima de seus clientes. Além das palestras e da distribuição de panfletos informativos, a empresa realiza uma conexão ativa com a comunidade local, sendo fundamental para que eles levem essas informações para um número maior de pessoas.

    Alerta também para crianças e adolescentes


    Nas escolas, a Energisa tem se aproximado cada vez das crianças e adolescentes de forma lúdica e criativa. O ‘CIPA nas Escolas’ leva para dentro da sala de aula conversas sobre questões de segurança em relação à rede elétrica e prevenção de acidentes. Além do risco de acidentes, essas ocorrências também podem causar a interrupção no fornecimento de energia da região, impactando a vida de milhares de pessoas.

    Mensalmente 16 escolas são visitadas pelos colaboradores da Energisa e, em média, 1.600 alunos recebem as orientações dos benefícios e riscos quando o assunto é energia elétrica. A Energisa também é convidada para palestras em escolas de ensino médio e técnico.


    As pipas também podem ser um risco

    Pipas, papagaios ou cafifas: não importa como você chame esse brinquedo, o importante é saber que não é proibido soltar pipa, mas as linhas cortantes, aquelas com cerol, são sim consideradas crime. Além de poderem cortar os fios, essas linhas também podem produzir choque letais. Mesmo quando a linha não é cortante, vale ficar atento às rabiolas e pipas que terminam emboladas na fiação. Se isso acontecer, nunca tente retirá-las por conta própria: chame a assistência técnica da Energisa para resolver esse problema.

    Se você precisa ampliar a sua casa, fazer alterações na rede ou até mesmo retirar uma pipa embolada em um fio, não deixe de entrar em contato com a Energisa, por meio dos canais de comunicação com o cliente.

    Essas e outras orientações para evitar acidentes com a rede elétrica estão no YouTube da Energisa. E em caso de acidentes com a rede elétrica, mantenha distância e acione a empresa pelos canais de atendimento:


    Por Gerência de Comunicação da Energisa.

    • Comente no Site
    • Comente no Facebook

    0 comments:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: Prevenção de acidentes com informação e acolhimento Rating: 5 Reviewed By: Mídia Mineira
    Voltar para o Início