728x90 AdSpace

Magazine Luiza
  • Últimas

    Sicred Santa Rita Drogaria
    Curso de Barbeiro Promoção autos
    domingo, 17 de dezembro de 2023

    Advogado cataguasense, Eduardo Barcelos, tem prisão convertida em domiciliar

    Ele foi preso e levado para JF há quase 11 meses, acusado de estar presente nos atos de 8 de janeiro, mas deverá retornar a Cataguases em breve.

    Imagem: Reprodução Minas Precisa Saber / Redes Sociais.

    O advogado cataguasense, Eduardo Antunes Barcelos, atualmente detido na Penitenciária Ariosvaldo Campos Pires, em Juiz de Fora, poderá ser liberado a qualquer momento. A expectativa é que ele retorne à sua residência, em Cataguases, até terça-feira (19), conforme informado ao site Mídia Mineira na manhã deste domingo, 17 de dezembro e confirmado através de contato telefônico com a esposa de Eduardo. Segundo informações, o alvará de soltura já foi expedido.

    Dudu, como é conhecido, foi preso em 27 de janeiro deste ano, sob a acusação de estar presente na manifestação de 8 de janeiro em Brasília. O advogado sustentou que não participou da depredação do patrimônio público, apenas observou de longe, cerca de 500 metros do local. "Eu não invadi prédio nenhum, eu não entrei em prédio nenhum, não quebrei nada, não sou vândalo, não sou terrorista... Eu ví as pessoas quebrando e não concordei com aquilo, eu ví a quebradeira no STF, eu fui para o Palácio do Planalto e no vídeo [que foi exibido] eu estava há mais de 500 metros de distância", disse na ocasião de sua prisão. No entanto, seus argumentos não foram aceitos pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

    A matéria continua após a publicidade:


    De acordo com informações apuradas pelo Site Mídia Mineira, os advogados de Eduardo solicitaram a conversão da prisão em regime fechado para a prisão domiciliar com base em laudo médico. A fundamentação para o pedido se baseia no fato de que Eduardo, aos 65 anos, enfrenta um quadro de cardiopatia grave, é vegetariano e não tem acesso a uma alimentação adequada para sua saúde, correndo sério risco de morte. Durante os quase 11 meses em regime fechado, o advogado teria perdido cerca de 30 quilos.


    Em uma rede social, a advogada Tanieli Telles, postou a confirmação. Veja abaixo:

    Segundo as primeiras informações, Eduardo aguardará o julgamento em prisão domiciliar, devendo utilizar tornozeleira eletrônica até que haja uma definição no caso. A redação do Mídia Mineira acompanhará de perto o desdobramento do caso, e qualquer informação adicional será divulgada em nosso site.

    Por Mídia Mineira.

    Google News

    Entre para o nosso canal no Whatsapp: Clique aqui

    • Comente no Site
    • Comente no Facebook

    0 comments:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: Advogado cataguasense, Eduardo Barcelos, tem prisão convertida em domiciliar Rating: 5 Reviewed By: Mídia Mineira
    Voltar para o Início