Pular para o conteúdo principal
Unipac
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Câmara de Dona Euzébia rejeita parecer do TCEMG e aprova contas de 2014 do ex-prefeito Mazinho

Decisão aconteceu após o ex-prefeito apresentar defesa em plenário. Nesta quinta-feira (2), os vereadores de Dona Euzébia rejeitaram o parecer do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) e aprovaram as contas do ex-prefeito da cidade, Itamar Ribeiro Toledo, o Mazinho, referente ao exercício de 2014. No dia 12 de agosto, os vereadores realizaram uma votação para analisar o parecer do TCE, mas a mesma foi anulada pelo próprio TCE, devido a falta de quórum e a ausência de defesa do ex-prefeito. Na ocasião, a Comissão de Finanças havia acompanhado o parecer do TCE, mas após o comparecimento de Mazinho, dentro do prazo regimental, os vereadores aceitaram os argumentos, fazendo com que a maioria dos membros da comissão mudassem o voto, deixando os demais edis à vontade para rejeitar o parecer por 6 votos a 3. Não é a primeira vez que a Câmara de Dona Euzébia rejeita um parecer do TCEMG.  O fato já ocorreu em outras duas oportunidades, quando os vereadores rejeitaram o parecer do

Energisa inaugura o Digital Labs - primeiro centro de inteligência artificial do setor elétrico

Conectado à Energisa Minas Gerais, o laboratório vai impulsionar a transformação digital e contribuir para o desenvolvimento do setor elétrico.

Lucas Pinz, diretor de Estratégia, Inovação e Novos Negócios do Grupo Energisa.

Com o intuito de estabelecer um novo patamar de desenvolvimento de novos projetos, o Grupo Energisa criou um espaço dedicado à inovação, criatividade, à troca de experiências entre seus colaboradores e também com parceiros e clientes. A empresa inaugurou nesta terça-feira, 29 de junho, o Energisa Digital Labs. Localizado na sede da companhia no Rio de Janeiro, o laboratório, conectado à Energisa Minas Gerais, é um centro de excelência em advanced analytics e inteligência artificial - que tem o objetivo de construir tanto produtos e serviços voltados para os clientes quanto soluções que desenvolvam o setor elétrico brasileiro.

De 2020 até o fim deste ano, a previsão de investimentos da companhia em inovação é de cerca de R$ 350 milhões. “O objetivo do Energisa Digital Labs é ser um vetor fundamental de aceleração da transformação digital para toda a empresa. A conexão aqui na área de concessão da Energisa em Minas Gerais será muito importante para impulsionar a cultura de dados e a maneira ágil de se trabalhar em todos os estados onde estamos presente”, afirma Eduardo Mantovani, diretor-presidente da Energisa Minas Gerais.

O Energisa Digital Labs também tem a missão de desenvolver habilidades de ciência e engenharia de dados nas várias unidades de negócios do grupo, disseminando e descentralizando o conhecimento, e fortalecendo a cultura de inovação na companhia. Para tanto, foi montada uma equipe multidisciplinar, com perfis profissionais complementares como estatísticos, matemáticos, físicos, engenheiros, cientistas de dados, designers, arquitetos e desenvolvedores.

O diretor de Estratégia, Inovação e Novos Negócios do Grupo Energisa, Lucas Pinz (foto), conta que o projeto está aberto a parcerias. “Um dos nossos objetivos é estreitar conexões com principais players do mercado, incluindo startups e instituições científicas, sempre com a meta de gerar valor através da inovação, tanto para a Energisa, como para o setor elétrico brasileiro. Através do EDL, estamos desenvolvendo novos produtos que estão na vanguarda das tendências tecnológicas”, afirma. “Na prática vamos desenvolver iniciativas que, por exemplo, melhorem a eficiência operacional, permitam uma melhor experiência para os nossos clientes, gerem novos produtos e serviços que serão oferecidos ao mercado nacional e internacional. Seremos cada vez mais uma plataforma de soluções energéticas, promovendo a digitalização, descentralização, descarbonização e a diversificação, habilitada pelo uso intensivo de inteligência computacional”, conclui Lucas Pinz.

Inovação

O Energisa Digital Labs chega para ampliar a atuação da empresa no campo da inovação. O Grupo possui um dos maiores programas de incentivo à inovação do setor elétrico brasileiro: o E-nova. Por meio de um ambiente interativo virtual, colaboradores podem sugerir ideias e investir uma moeda virtual em projetos promissores. Anualmente, cerca de mil ideias são inseridas anualmente na plataforma e muitas são efetivamente aplicadas. No E-nova, os projetos aprovados passam por diversas áreas: operação e manutenção; segurança; medição, faturamento e proteção à receita; eficiência organizacional; foco no cliente; e meio ambiente.

E essa cultura de inovação e visão de um novo futuro para o setor elétrico permeia toda a companhia. Os investimentos são distribuídos em iniciativas de melhoria contínua, experimentações, pré-projetos, projetos especiais e Pesquisa & Desenvolvimento (P&D). Neste período, 150 colaboradores foram reconhecidos e recompensados nos programas e, atualmente, há 15 padrinhos e 170 multiplicadores da inovação, espalhados por todo o país. Esses resultados colocaram o Grupo Energisa entre as 100 empresas mais engajadas em inovação aberta no Brasil, de acordo com ranking divulgado pela plataforma 100 Open Startups no ano passado.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Energisa
 

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui