Adolescente apontado como autor de homicídio é ouvido pela Polícia Civil em Muriaé

O menor confessou ter torturado e jogado a vítima amarrada, ainda com vida, dentro do Rio Preto em Muriaé. Nesta terça-feira (13), a Polícia Civil conseguiu identificar e capturar um adolescente de 17 anos, morador do bairro União em Muriaé, apontado como responsável pela morte de outro adolescente, de mesma idade, no último domingo (11). A vítima, identificada como Dejair Fernandes Da Silva (foto abaixo), teve as mãos amarradas e foi jogada no Rio Preto . Dejair foi morto com requintes de crueldade Foto: Rede Social De acordo com as investigações realizadas pela Delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o autor é apontado como gerente do tráfico de drogas no bairro União. A motivação foi o roubo de um celular de uma moradora do bairro pela vítima. O adolescente, como líder do tráfico no local, resolveu fazer justiça com as próprias mãos, para servir de exemplo para todos. Ele contou que torturou a vítima com pauladas e que depois teria amarrado as mão

Estelionatário membro de quadrilha de São Paulo é preso em Cataguases tentando aplicar golpe do cartão de crédito


Parceiro Magalu

A Polícia Militar prendeu no bairro Ibraim, em Cataguases, um homem envolvido em um esquema de golpe de cartões bancários.

De acordo com a PM, a prisão aconteceu na terça-feira (2), após a vítima acionar os militares, através do 190, informando o golpe. Segundo a vítima, o golpista realizou um contato telefônico, identificando-se como funcionário da Caixa Econômica Federal e perguntando se ela reconhecia uma compra de valor alto, feita com seu cartão em determinado local.  A seguir, após não reconhecer a compra, a vítima era orientada a contatar um serviço de atendimento da Caixa Econômica Federal, o qual orientava a vítima a cancelar o cartão, pois poderia estar clonado. Em seguida, alguém ligava para a vítima dizendo que seu cartão deveria ser recolhido e periciado e que, devido à pandemia, um funcionário do banco faria contato pessoal com ela em sua residência para recolhimento do cartão. Neste momento, a vítima resolveu acionar a PM.

Após acionados, os militares deslocaram para o bairro Ibraim, onde conseguiram prender o suspeito nas imediações da residência da vítima, já tentando evadir.

O autor foi reconhecido pela vítima como sendo o indivíduo que estivera no seu portão tentando recolher o cartão minutos antes. Questionado, o homem contou para os policiais que é da cidade de São Paulo e admitiu estar no município de Cataguases com intuito de aplicar golpes. Sobre a existência e localização de outros membros, ele limitou-se a afirmar apenas que sua parte no esquema era fazer contato com as vítimas para recolhimento do cartão, após estas terem recebido uma ligação informando que o cartão de sua titularidade estaria clonado e necessitava ser, além de cancelado, periciado.

Com apoio do serviço de inteligência da 146ª Cia, os militares conseguiram descobrir que o autor se mantinha hospedado em um hotel na área central, acompanhado de pelo menos mais um indivíduo, o qual evadiu do local. Este segundo elemento foi identificado, bem como o veículo utilizado pelos autores.

O autor preso, bem como o material apreendido (um aparelho celular), foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Cataguases, onde o flagrante foi ratificado.



Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases