Muriaé decide regredir para Onda Vermelha do Minas Consciente e comércio não essencial ficará fechado

Presidente da CDL discorda e afirma que fechamento do comércio não é o caminho para diminuir o contágio da covid-19 Em entrevista à Rádio Muriaé nesta sexta-feira (15) o vice-prefeito e Secretário Municipal de Saúde, Marcos Guarino, acompanhado do infectologista Daniel Licy informou que o comércio não essencial deverá funcionar com as portas fechadas a partir desta segunda-feira. O decreto será publicado neste sábado com todas as informações detalhadas. Fotos: Rádio Muriaé O motivo do fechamento é a regressão do município a onda vermelha do programa “Minas consciente” que a partir de agora deverá seguir as recomendações impostas pela Secretaria de Estado de Saúde. Nas últimas semanas houve um crescimento significativo no número de casos da covid-19 em Muriaé. Durante a entrevista, Marcos Guarino explicou que toda quarta-feira há uma reunião com a Secretaria de Estado de Saúde com os secretários municipais para analisar a situação de cada município. Caso os números venham a baixar, o mu

PCMG prende em flagrante suspeito pela prática dos crimes de tortura e de cárcere privado em Visconde do Rio Branco

Também foi cumprido mandado de prisão em desfavor do investigado, de 29 anos, após apuração de denúncia relacionada à violência doméstica


Na quinta-feira (3/12), a Polícia Civil de Minas Gerais prendeu em flagrante um homem de 29 anos, suspeito de cometer os crimes de tortura e de cárcere privado. A ação ocorreu, após apuração de denúncia relacionada à prática de violência doméstica contra a companheira do investigado.

Conforme informações do delegado Aldrey Toledo Ribeiro, no fim de novembro, foi instaurado inquérito policial para apurar os fatos, assim que a PCMG recebeu relatório social do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) com a denúncia, noticiando que a vítima estaria vivendo, há algum tempo, em situação de cárcere privado e de tortura. “O referido documento informava ainda que a mulher seria trazida para a delegacia, no dia 02 de dezembro, quando teria uma consulta com a psiquiatra que estava acompanhando a vítima. No entanto, na data agendada, a vítima não compareceu e também não foi à consulta agendada no CRAM”, informou, complementando que, uma equipe da Delegacia em Visconde do Rio Branco foi até o endereço do casal, diante da possível situação de flagrante.

Na ocasião, o suspeito e a mulher não foram encontrados no local. Ao verificarem por uma janela a situação do imóvel, os policiais civis visualizaram vários pássaros da fauna silvestre sem anilha. Em razão da situação de flagrante, os policiais civis entraram no imóvel e apreenderam os pássaros. “Posteriormente, a equipe foi até a residência dos pais do suspeito, local onde encontrou a vítima e os filhos”, contou, informando que a mulher foi encaminhada à delegacia, para prestar depoimento, momento em que confirmou os termos do relatório, afirmando que estaria sendo torturada psicologicamente há cerca de dois anos. Durante a oitiva dela, o suspeito compareceu na unidade policial e foi preso, em razão do flagrante relacionado aos crimes de cárcere privado e de tortura, bem como da existência de um mandado de prisão.

O investigado foi encaminhado ao sistema prisional, permanecendo à disposição da Justiça. Também foi acionado o serviço social do município para o devido acompanhamento da vítima.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Polícia Civil 

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases