Energisa utiliza helicóptero para inspeções na rede elétrica e garante agilidade em 95% dos serviços

Foram investidos R$ 180 mil para inspecionar 580 km de linhas. O compromisso da Energisa é a excelência no fornecimento de energia elétrica, serviço essencial para toda a população. Por isso, a empresa está investindo cada vez mais em tecnologia e modernizando a rede elétrica. Para agilizar as inspeções na rede, a Energisa Minas Gerais conta com equipamentos modernos e um helicóptero para inspeções visuais e termográficas aéreas nas linhas, garantindo maior rapidez. Dentro do planejamento estratégico de investimento na rede, no mês de março, foram inspecionados aproximadamente 580 km de linhas de transmissão, que interligam as subestações da área de concessão da Energisa em Minas Gerais, um investimento de cerca de R$ 180 mil. Utilizando equipamentos de alta tecnologia, com uma câmera das mais avançadas do mercado, acoplada ao helicóptero, é possível identificar, desde o estágio inicial, os locais onde ações corretivas devem ser realizadas de forma programada. A câmera de

Corpo de empresário desaparecido no noroeste do Rio de Janeiro é encontrado no Rio Pomba em Vista Alegre


O corpo do empresário Hélio Amaral de Sales, de 52 anos, foi encontrado nesta quarta-feira, 30 de dezembro, no Rio Pomba, nas proximidades de Vista Alegre, distrito de Cataguases.

O suspeito da autoria do crime é morador do Bairro Eldorado, em Leopoldina e já foi preso naquela cidade.

Conforme apurado pelo jornal O Vigilante Online, nosso parceiro em Leopoldina, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar de Leopoldina realizaram buscas na manhã desta quarta-feira e localizaram o corpo próximo a um pontilhão naquela localidade. Com o apoio de uma embarcação da Defesa Civil de Cataguases o corpo foi localizado no início da tarde.

A perícia técnica da Polícia Civil foi acionada e após os trabalhos de praxe o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Leopoldina.

O suspeito da autoria do crime foi preso e presta depoimento a policiais civis da 3ª Delegacia Regional da Polícia Civil que juntamente com policiais civis da 135ª Delegacia de Polícia do RJ investigam o motivo e a causa da morte do empresário.

Hélio Amaral de Sales estava desaparecido desde o sábado (26) em Itaocara, Noroeste do Estado do Rio de Janeiro.

Na noite desta segunda-feira, 28 de dezembro, o carro do empresário foi recuperado em Leopoldina após ser perseguido por diversas ruas da cidade, ocasião em que o veículo GM/Cruze foi abandonado e os ocupantes conseguiram fugir.

Hélio Amaral era presidente da Câmara de Dirigentes Lojitas (CDL) das cidades de Itaocara, Aperibé e Cambuci, no Estado do Rio de Janeiro.

Fonte: O Vigilante Online

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases