Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

Prédio do Centro Espírita Bezerra de Menezes é demolido em Cataguases


Conforme previsto, o prédio da sede do Centro Espírita Bezerra de Menezes (CEBM), em Cataguases, foi demolido na manhã deste sábado (29).

Conforme o Site Mídia Mineira apurou, membros da entidade começaram a sentir mudanças no mês de novembro de 2019, como janelas e portas emperradas. Na semana que antecedeu o Carnaval, neste ano, o problema se agravou e rachaduras começaram a aparecer na estrutura. Diante do risco, a diretoria da entidade achou por bem realizar a mudança do local e acionou a Defesa Civil que interditou o prédio. Nesta sexta-feira (28), a Polícia Militar interditou todo entorno do prédio e o engenheiro e secretário municipal de Obras, Walber Lacerda, avaliou a situação, chegando à conclusão de que a estrutura do imóvel estava comprometida, podendo ruir a qualquer momento. Para evitar um mal maior a prefeitura de Cataguases optou pela demolição da construção após obter as devidas autorizações.

O Site Mídia Mineira acompanhou toda a demolição que teve início às 7 horas da manhã e envolveu equipes da Energisa, Defesa Civil, Polícia Militar, Secretarias Municipais de Obras e de Serviços Urbanos.

A diretoria conseguiu remover a tempo todos os móveis e utensílios da entidade, mas infelizmente não conseguiram retirar os ares-condicionados, oito ao todo, que foram destruídos.

A presidente da entidade, Aúrea Lucius Carvalho Alves (Aurinha) e a vice-presidente, Nádia Oliveira da Silva, falaram com exclusividade para o Site Mídia Mineira, durante a demolição. "Nós do Movimento Espírita Bezerra de Menezes devemos muito ao Sr. Geraldo Rabelo, que cedeu o terreno e nós, com todos os espíritas do movimento construímos esta Casa. Eu tenho certeza que esta vai ser uma nova faze para nossa Casa, é um momento de reconstruir onde a nossa fé está sendo testada, fortalecida porque nós acreditamos em Jesus, na causa a que ele veio através da nossa doutrina, para envolver criaturas para um mundo melhor, eu tenho certeza que isso será o início de uma reconstrução boa", disse Aurinha.

Sobre a reconstrução de novo prédio no local, a vice-presidente Nádia Oliveira, disse que neste sábado, à tarde, acontecerá uma reunião para definir sobre o novo espaço. Os diretores deverão decidir se o CEBM será reconstruído no mesmo local ou em outro. "Nós vamos decidir o espaço físico, porque o espaço moral, ético, caritativo, de aprendizado que esta Casa viveu em 63 anos, não está sendo destruído. O espaço físico sim, porque não era mais viável, mas a história moral que esta Casa se propôs, ela não vai ser destruída, ela vai continuar", completou Nádia.

As atividades do Centro Espírita Bezerra de Menezes estão provisoriamente em um apartamento sobre o Albergue Noturno Francisco de Assis, no bairro Haidée. O prédio pertence a entidade.





Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui