Energisa lança pagamento de contas de luz via Pix

Empresa é a primeira do setor elétrico a incluir QR Code Pix nas faturas impressas A Energisa oferece mais um serviço digital financeiro para facilitar o dia a dia de seus clientes: o pagamento das contas de luz dos consumidores da Energisa em Minas já pode ser realizado pelo sistema Pix. Com a solução inovadora, a Energisa torna-se a primeira empresa do setor elétrico a incluir o QR Code nas faturas impressas. “Nossa expectativa é atender cerca de 470 mil clientes na área de concessão da Energisa em Minas Gerais. Mais do que fornecer energia, estamos atuando para aprimorar o atendimento ao cliente. A digitalização de serviços financeiros é fundamental tornar a vida das pessoas mais ágil. O pagamento com o código Pix é seguro, fácil e rápido”, afirma o diretor-presidente da Energisa Minas Eduardo Mantovani. O serviço também está disponível para quem tem acesso à conta digital de serviços bancários e financeiros, Voltz. “A Energisa vem se consolidando como uma empresa compl

Precarização das condições de trabalho em Ubá será debatida nesta quinta na ALMG

Trabalhadores do setor moveleiro da região serão ouvidos pela Assembleia de Minas.

(Ubá - Foto: Arquivo ALMG)

A Comissão do Trabalho, da Previdência e da Assistência Social da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) vai realizar audiência pública, no município de Ubá (Zona da Mata), na próxima quinta-feira (29/8/19), a partir das 19 horas, para debater a precarização das relações de trabalho do setor moveleiro na região. 

Em audiência realizada pela Assembleia, em outubro de 2017, sobre o tema, representantes sindicais falaram sobre a ocorrência de acidentes de trabalho que atentam contra a integridade física dos empregados, como as mutilações sofridas por eles. O episódio de incêndio em uma empresa do ramo deixou oito trabalhadores com ferimentos graves, conforme registrou-se na reunião.

Foi denunciada ainda a perseguição a membros dos sindicatos. Segundo os participantes da audiência, aqueles que se filiam a qualquer uma dessas entidades são demitidos. Relatos de assédio moral e sexual também foram relatados.

Como esses problemas ainda persistem, o deputado Betão (PT) solicitou a realização da audiência pública. "Os dados já foram piores. Nos anos anteriores o índice de amputação e acidentes com trabalhadores era de cerca de duas pessoas por mês", alerta o parlamentar.

Segundo o deputado, esse contexto é resultado da "trágica reforma trabalhista", promovida pelo ex-presidente da República Michel Temer, e também da flexibilização das leis de segurança do trabalho anunciadas recentemente pelo atual presidente Jair Bolsonaro, com a edição da Medida Provisória da Liberdade Econômica. 

Polo - O Polo Moveleiro de Ubá é considerado o maior do Estado e um dos principais do Brasil. É formado pelos municípios de Ubá, Guidoval, Piraúba, Rio Pomba, Rodeiro, São Geraldo, Tocantins e Visconde do Rio Branco.

O setor possui aproximadamente 300 empresas de móveis, o que gera cerca de 13 mil empregos diretos. A cidade de Ubá tem localização privilegiada na Zona da Mata, permitindo o acesso fácil a importantes mercados consumidores do país como Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo.


Convidados - Foram convidados a participar da audiência o presidente do Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Mobiliário de Ubá, Áureo Calçado Barbosa; o presidente do Sindicato dos Oficiais Marceneiros e Trabalhadores nas Indústrias de Madeira, José Carlos Reis Pereira; e o procurador do Ministério Público do Trabalho, Hudson Machado Guimarães; dentre outros.

Fonte:  ALMG

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases