Pular para o conteúdo principal
Unipac
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

2 de dezembro: Minas Gerais completa hoje 301 anos de emancipação

Minas começou a ganhar autonomia administrativa em 1720, quando formou uma capitania própria e foi, por muito tempo, centro econômico brasileiro Neste dia 2 de dezembro de 2021, Minas Gerais completa 301 anos de sua emancipação da capitania de São Paulo, por alvará régio do Rei Dom João V, assinado após ouvir o Conselho Ultramarino, em 2 de dezembro de 1720. Até se tornar um estado tal qual conhecemos hoje, muita coisa aconteceu. A capitania de Minas Gerais foi o primeiro passo para a autonomia administrativa de Minas e ela é resultado do desmembramento da capitania de São Paulo e Minas do Ouro.  Com a descoberta da abundância de ouro no fim do século XVII a região se tornou o centro econômico da colônia. "Minas é, durante muito tempo, um conjunto de arraiais. Eu costumo comparar Minas nesse período com um filme de faroeste. É uma terra sem lei onde não existe um aparato administrativo, que vai se instalar só por volta de 1709 e que vai se consolidar por volta de 1720", expli

Precarização das condições de trabalho em Ubá será debatida nesta quinta na ALMG

Trabalhadores do setor moveleiro da região serão ouvidos pela Assembleia de Minas.

(Ubá - Foto: Arquivo ALMG)

A Comissão do Trabalho, da Previdência e da Assistência Social da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) vai realizar audiência pública, no município de Ubá (Zona da Mata), na próxima quinta-feira (29/8/19), a partir das 19 horas, para debater a precarização das relações de trabalho do setor moveleiro na região. 

Em audiência realizada pela Assembleia, em outubro de 2017, sobre o tema, representantes sindicais falaram sobre a ocorrência de acidentes de trabalho que atentam contra a integridade física dos empregados, como as mutilações sofridas por eles. O episódio de incêndio em uma empresa do ramo deixou oito trabalhadores com ferimentos graves, conforme registrou-se na reunião.

Foi denunciada ainda a perseguição a membros dos sindicatos. Segundo os participantes da audiência, aqueles que se filiam a qualquer uma dessas entidades são demitidos. Relatos de assédio moral e sexual também foram relatados.

Como esses problemas ainda persistem, o deputado Betão (PT) solicitou a realização da audiência pública. "Os dados já foram piores. Nos anos anteriores o índice de amputação e acidentes com trabalhadores era de cerca de duas pessoas por mês", alerta o parlamentar.

Segundo o deputado, esse contexto é resultado da "trágica reforma trabalhista", promovida pelo ex-presidente da República Michel Temer, e também da flexibilização das leis de segurança do trabalho anunciadas recentemente pelo atual presidente Jair Bolsonaro, com a edição da Medida Provisória da Liberdade Econômica. 

Polo - O Polo Moveleiro de Ubá é considerado o maior do Estado e um dos principais do Brasil. É formado pelos municípios de Ubá, Guidoval, Piraúba, Rio Pomba, Rodeiro, São Geraldo, Tocantins e Visconde do Rio Branco.

O setor possui aproximadamente 300 empresas de móveis, o que gera cerca de 13 mil empregos diretos. A cidade de Ubá tem localização privilegiada na Zona da Mata, permitindo o acesso fácil a importantes mercados consumidores do país como Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo.


Convidados - Foram convidados a participar da audiência o presidente do Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Mobiliário de Ubá, Áureo Calçado Barbosa; o presidente do Sindicato dos Oficiais Marceneiros e Trabalhadores nas Indústrias de Madeira, José Carlos Reis Pereira; e o procurador do Ministério Público do Trabalho, Hudson Machado Guimarães; dentre outros.

Fonte:  ALMG

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui