PCMG prende em flagrante suspeito pela prática dos crimes de tortura e de cárcere privado em Visconde do Rio Branco

Também foi cumprido mandado de prisão em desfavor do investigado, de 29 anos, após apuração de denúncia relacionada à violência doméstica Na quinta-feira (3/12), a Polícia Civil de Minas Gerais prendeu em flagrante um homem de 29 anos, suspeito de cometer os crimes de tortura e de cárcere privado. A ação ocorreu, após apuração de denúncia relacionada à prática de violência doméstica contra a companheira do investigado. Conforme informações do delegado Aldrey Toledo Ribeiro, no fim de novembro, foi instaurado inquérito policial para apurar os fatos, assim que a PCMG recebeu relatório social do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) com a denúncia, noticiando que a vítima estaria vivendo, há algum tempo, em situação de cárcere privado e de tortura. “O referido documento informava ainda que a mulher seria trazida para a delegacia, no dia 02 de dezembro, quando teria uma consulta com a psiquiatra que estava acompanhando a vítima. No entanto, na data agendada, a vítima não comp

Suspeito de tentativa de homicídio e de envolvimento em homicídio consumado em Cataguases é preso pela Polícia Civil

Na manhã desta quinta-feira (31), a Polícia Civil de Minas Gerais prendeu, em Cataguases, um jovem de 18 anos, suspeito de atentar contra a vida de um adolescente de 17 anos, no dia 08 de dezembro do ano passado, no município. O investigado foi preso na rodoviária de Cataguases, quando tentava embarcar em um ônibus com destino a Niterói. A motivação do crime estaria ligada à rixa entre dois grupos rivais.

Conforme o titular da 27ª Delegacia de Cataguases, Delegado Marcelo Manna, o crime aconteceu por volta das 21h30, em frente a uma sorveteria conhecida na cidade, local com grande aglomeração de pessoas. As câmeras instaladas no estabelecimento captaram o momento em que o suspeito passou correndo atrás da vítima, efetuando disparos na direção dela, porém, o autor não conseguiu atingir a vítima.

Investigações apontam que a arma usada na tentativa de homicídio foi repassada momentos antes por outro homem, de 19 anos. Segundo o Delegado, esse suspeito foi assassinado no dia 12 de dezembro de 2018. “ Quatro dias após sofrer o atentado, a vítima de 17 anos, acometida por vingança, assassinou com diversos disparos de arma de fogo o amigo e comparsa de seu algoz. O crime em tela acendeu o pavio de uma possível retaliação por parte das duas quadrilhas rivais, o que se concretizou no dia 27 de janeiro deste ano, quando mais uma vítima foi assassinada por integrantes da gangue rival”, explicou, complementando que há fortes indícios de que o suspeito preso pela Polícia Civil, nesta quinta, também seria um dos autores desse crime. As investigações prosseguem.

O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Cataguases e posteriormente para a unidade prisional onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Polícia Civil

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases