Pular para o conteúdo principal
Web Certificados
Drogaria Santa Rita DecolaNet RÁDIO BRILHO CATAGUASES - MG

PCMG indicia homem suspeito de cometer estupro de vulnerável em Juiz de Fora

O inquérito policial foi relatado e enviado à Justiça, nesta semana. A Polícia Civil também investiga crime praticado pelo investigado em desfavor de outro adolescente, de 13 anos. A apuração prossegue.  A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) indiciou, nesta semana, um homem de 49 anos, suspeito de ter praticado estupro de vulnerável, no município de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. Na última sexta-feira (14/1), ele foi encaminhado à delegacia pela Polícia Militar, acionada pelo pai da vítima, um menino de 12 anos, morador da Zona Norte da cidade.  Na época, durante depoimento, o suspeito, que é vizinho da vítima, confirmou ter chamado o garoto para ir até a sua residência, para, supostamente, realizar o conserto de uma bicicleta, quando foi flagrado pelo pai do menino, em um cômodo dos fundos do imóvel, junto com a vítima. Na ocasião, o flagrante foi ratificado pela PCMG e o homem foi conduzido ao sistema prisional, permanecendo à disposição da Justiça. Conforme informações do t

Tiros são disparados durante a noite no Condomínio São Marcos em Cataguases

Um homem efetuou pelo menos dois disparos de arma de fogo, na noite desta quinta-feira (31), no bairro São Marcos (Condomínio "Minha Casa Minha Vida") em Cataguases.

Segundo informações de testemunhas, os disparos teriam ocorrido próximo ao bloco 13. Em seguida o suspeito teria evadido em uma motocicleta preta.

Conforme a Polícia Militar, houve um chamado para o telefone 190 informando que o suspeito - que já é conhecido no meio policial - teria subido para o alto de um pasto e de lá efetuado os disparos. Policiais militares deslocaram para o condomínio e executaram diversos rastreamentos na região mas ninguém foi localizado. Por este motivo foi realizada apenas averiguação e como nenhuma evidência foi encontrada e nem o suspeito localizado, não foi confeccionado Boletim de Ocorrência, explicou o comandante do 1º Pelotão da 146ª Cia, Tenente Marinato.

O motivo seria uma discursão familiar. Ninguém ficou ferido.

Comentários

Anuncie Aqui Anuncie Aqui