Polícia Militar prende em Cataguases foragido da justiça

Na sexta-feira (5), a Polícia Militar prendeu um foragido da justiça, na MG-447 próximo a localidade conhecida como Sereninho. Segundo a PM, a prisão foi possível após uma denuncia anônima dando conta de que o homem, de 38 anos, vulgo Bengala, com mandado de prisão em aberto, transitava pelo bairro Tomé em um veículo de aplicativo. Abordado, nada de ilícito foi localizado em seu poder, sendo dado voz de prisão e encaminhado para Delegacia de Polícia Civil para as demais providências. 

Prédio da antiga delegacia de Cataguases irá abrigar Centro histórico e exposição sobre o Movimento Verde

A Prefeitura de Cataguases através da secretaria de Cultura e Turismo anunciou nesta terça-feira (8), que o antigo prédio da Delegacia de Polícia Civil que também serviu de cadeia, foi cedido para o município e passará a abrigar um Centro Literário, de informação histórica e de pesquisa, além de abrigar permanentemente uma exposição sobre o Movimento Verde. A Revista Verde foi um importante periódico mensal de arte e cultura que circulou durante os anos de 1928 e 1929 onde reuniu grandes nomes da literatura modernista e intelectuais de Cataguases e do Brasil. Pela primeira vez, uma publicação do interior foi palco do debate das vanguardas literárias no Brasil e projetou Cataguases.

O prédio, construído no início do século XX, está previsto para ser oficialmente entregue a administração municipal pelo secretário de Estado de Cultura, Ângelo Osvaldo, no dia 8 de junho deste ano. Um projeto para restauração do antigo prédio já está em fase final e deverá ser apresentado pelo secretário municipal de Cultura e Turismo, Fausto Menta, ao Fundo Estadual de Cultura para angariar recursos com a perspectiva de que a obra seja entregue no ano que vem.

O secretário Fausto Menta, lembra que é uma realização histórica, pois há muitos anos a cidade não ganha um novo espaço cultural e isso graças a conversas incansáveis entre ele e o secretário de Estado, sempre com o apoio do prefeito Willian Lobo. 


O secretário de Cultura e Turismo, Fausto Menta, destacou que
as parcerias que o Município vem conseguindo fazer
com o Governo do Estado e com a iniciativa privada vem
contribuindo para que os projetos se desenvolvam.
"É importantíssimo a gente ter mais um equipamento cultural no município o que contribui para democratizar o acesso da população à cultura. Nós acreditamos no poder transformador da cultura e ter um local perto de um movimentado ponto de ônibus onde circulam milhares de pessoas, facilitará ainda mais o acesso", disse Menta.

O secretário contou também que um dos objetivos de sua pasta será ter, na cidade, espaços específicos para bibliotecas, centros históricos, pesquisas e outros. "A gente começa a centrar em prédios. Começamos a contar com esse espaço da antiga delegacia, eu também tenho ideia de fazer do social um museu de artes plásticas para abrigar o nosso patrimônio artístico e cultural, na Chácara Dona Catarina um espaço para exposições de artes plásticas dos artistas locais e o cinema que é o nosso grande sonho vai englobar a produção audiovisual local e ao mesmo tempo a gente pode utilizar o segundo andar para exposição sobre arquitetura modernista e um ponto de informação turística principalmente para receber os alunos de arquitetura", disse.

Outro ponto destacado por Fausto são as parcerias que o Município vem conseguindo fazer com o Governo do Estado e com a iniciativa privada que vem contribuindo para que os projetos se desenvolvam.

O prefeito Willian Lobo ressaltou que investir na cultura sempre esteve entre as suas metas e que apesar de toda dificuldade que o Município vem encontrando, várias ações tem se materializado graças a um trabalho incansável e sem alarde da administração municipal. "Isso é resultado de um trabalho incansável de mais de um ano de conversação entre o secretário Fausto Menta e o secretário de Estado de Cultura, Ângelo Osvaldo, o qual se mostrou muito sensível a causa e a partir daí o Fausto e o Município de Cataguases pôde alertar ao Estado sobre outras cidades que estavam na mesma situação que a nossa e quem ganha é sempre a comunidade e as cidades", ressaltou.

Outras duas cidades em Minas também terão suas antigas delegacias transformadas em Centros Culturais: Passa Tempo e Prados.

Comentários

Banner cadastramento cartão SUS Campanha Mídia Mineira para o uso de máscaras DJ Fábio Dias Cataguases